quarta-feira, 27 de outubro de 2010

AMOR SEM ILUSÃO


AMOR SEM ILUSÃO

Conta-se que um jovem caminhava pelas montanhas nevadas da velha Índia, absorvido em profundos questionamentos sobre o amor, sem poder solucionar suas ansiedades.

Percebeu que, pelo mesmo caminho, vinha em sua direção um velho sábio.

E porque não conseguia encontrar uma resposta que lhe aquietasse a alma, resolveu pedir ao sábio que o ajudasse.

Aproximou-se e falou com verdadeiro interesse:

Senhor, desejo encontrar minha amada e construir com ela uma família, com base no verdadeiro amor.

Todavia, sempre que me vem à mente uma jovem bela e graciosa e eu a olho com atenção, em meus pensamentos ela vai se transformando rapidamente.

Seus cabelos tornam-se alvos como a neve, sua pele rósea e firme fica pálida e se enche de profundos vincos.

Seu olhar vivaz perde o brilho e parece perder-se no Infinito. Sua forma física se modifica acentuadamente e eu me apavoro.

Desejo saber, meu sábio, como é que o amor poderá ser eterno, como falam os poetas?

Naquele mesmo instante, aproxima-se de ambos uma jovem envolta em luto, trazendo no rosto expressões de profunda dor.

Dirige-se ao sábio e lhe fala com voz embargada:

Acabo de enterrar o corpo de meu pai, que morreu antes de completar 50 anos.

Sofro, porque nunca poderei ver sua cabeça branca aureolada de conhecimentos, seu rosto marcado pelas rugas da experiência, nem seu olhar amadurecido pelas lições da vida.

Sofro, porque não poderei mais ouvir suas histórias sábias, nem contemplar seu sorriso de ternura.

Não sentirei suas mãos enrugadas tomando as minhas com profundo afeto.

Naquele momento, o sábio dirigiu-se ao jovem e falou com serenidade:

Você percebe agora as nuanças do amor sem ilusões, meu jovem?

O amor verdadeiro é eterno porque não se apega ao corpo físico, mas se afeiçoa ao ser imortal que o habita temporariamente.

É nesse sentimento sem ilusões nem fantasias que reside o verdadeiro e eterno amor.

A lição do velho sábio é de grande valia para todos nós que buscamos as belezas da forma física, sem observar as grandezas da alma imortal.

O sentimento que valoriza somente as aparências exteriores não é amor, é paixão ilusória.

O amor verdadeiro observa, além da roupagem física que se desgasta e morre, a alma que se aperfeiçoa, para prosseguir vivendo e amando pela Eternidade afora.

As flores, por mais belas que sejam, um dia murcham e morrem.

Mas o seu perfume permanece no ar e no olfato daqueles que o souberam guardar em frascos adequados.

O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia envelhece e morre.

Mas as virtudes do Espírito que dele se liberta, continuam vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, na ânfora do coração.

Pensemos nisso!

Texto: Redação do Momento Espírita

Imagem: http://images.google.com.br

16 comentários:

  1. Linda reflexão,que nos mostra que o interior é mais importante que o exterior
    O que vale são nossas qualidades e não as superficialidades de um corpo efêmero
    Beijos e um dia abençoado pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Isa minha querida, voce está certa... é preciso valorizar nossas essências...estas que sempre nos acompanharão...beijinhos...

    ResponderExcluir
  3. Linda mensagem.Saber ver a beleza que pode se manter com os anos que passam...Ver por dentro!!! beijos,chica e um dia lindo pra ti!

    ResponderExcluir
  4. É amiga sei bem como é o amor eterno...o que esta dentro de nosso coração ninguém tira, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  5. Oi doce amiga, após ler esta bela lição, podemos entender um pouco mais que a vida física é uma escola. Nosso uniforme se desgasta e acaba com as décadas de vida, mas nós, alunos, vamos nos engrandecendo e valorizando cada vez mais a essência do que o frasco.
    Tenha um lindo dia, querida Valéria.
    Beijos,
    Carlos espírita

    ResponderExcluir
  6. Que lindo texto!
    Mostra-nos a vida como ela é,que o corpo não é nada sem um espírito rico de conhecimentos e de amor verdadeiro.
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  7. Valeria,
    linda mensagem.
    Amemos simplesmente.

    Beijo, de coração!

    ResponderExcluir
  8. Oi Valéria, infelizmente muitos ainda não enchergar o que de fato importa, que somos nós a essência do que está dentro da carne. Adorei teu blog. Estou te seguindo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Chica, Lisette, Carlos, Alma e Jorge meus queridos amigos(as)... obrigada por suas palavras de entendimento e carinhosas presenças...
    Deixemos que o valor de nosso interior resplandeça sempre... o exterior deve ser cuidado com respeito, mas sabemos que é provisório...somente nossas essências e o amor são eternos...

    ResponderExcluir
  10. Um corpo não é nada sem a essência do SER. O amor não vê nem julga o externo.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  11. Valéria,

    Lindo texto, o amor verdadeiro é incondicional...
    Ele suporta barreiras, o tempo, as dificuldades, ele é ESPIRITUAL.
    Quando entendemos isso nunca mais sofremos por amor, porque ele não é um amor egoísta, ele acontece e evolui de tal forma que o mais importante é a felicidade.

    Hoje as pessoas amam e desamam com grande facilidade, na minha humilde opinião isso não é amor, foi ilusão...mas tudo é aprendizado.

    Beijos e parabéns pelo post!

    Eli.

    ResponderExcluir
  12. Olá Valéria

    Li este texto duas vezes, e transmite esta mensagem lindíssima,
    mostra-nos a realidade de nossas vidas, parabéns pela postagem.

    beijinho
    José.

    ResponderExcluir
  13. Marlenny querida, muito bem vinda por aqui...sinta-se em casa... voce está certa querida...é preciso um despertar e ver que somos essência em um corpo humano... e que apesar do corpo ser veículo importante... o espírito, o nosso interior é o mais importante, pois ele sim é eterno... beijinhos...


    Nilce minha flor é verdade...amor de verdade...ama a essencia... beijinhos...


    Eliane minha querida amiga...voce está certa...o que muitos chamam de amor é pura ilusão... amor de verdade é incondicional...beijinhos..


    José meu amigo, lá do dolcealgodao... que alegria recebe-lo por aqui... e com tão amáveis palavras...beijos...


    Amigos(as) fiquem na paz...que o amor que há dentro de cada um de voces seja cultivado mais e mais e seja fator determinante em suas vidas...tenham um doce dia...beijinhos...

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente perfeita, linda e emocionante essa reflexão!
    Vamos amar a alma e não o ser!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Oi flor!
    Que delícia ler esse texto, me emocionei... São as coisas simples e verdadeiras da vida.
    A essência do ser humano vai além das aparências.
    Beijo da Lady

    ResponderExcluir
  16. Olá querida.
    Lindo texto.
    Realmente fala tudo.
    Nossa essência é o que importa, são as marcas que realmente ficarão na memória de todos.
    Lindo!Lindo!
    Um beijo enorme.
    Lú.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails