sexta-feira, 22 de outubro de 2010

EM BUSCA DO EQUILÍBRIO (de ValériaC)


EM BUSCA DO EQUILÍBRIO (de ValériaC)

Não sei se já observaram, mas na lateral superior dos meus Blogs, tem a foto da Julie, minha cachorrinha. Ela tem 6 anos e nós aqui em casa a amamos muito e sei que acabamos por querer humaniza-la de certo modo, e agora posso ver que causamos alguns desequilíbrios nela. Isso é muito comum acontecer com vários animaizinhos de estimação.

Ela é muito dócil, carinhosa, sempre foi muito impetuosa, corajosa, latia e ainda late e reage até quando vê um mosquito que aparece na sua frente. Mas, apesar disto, de quando em vez, apresenta comportamentos estranhos, medos diversos.

Claro que percebendo isto, nós a encorajamos a reagir de forma mais saudável e ela sempre acaba superando seus medos.

Aonde quero chegar com tudo que estou dizendo?

Sempre digo que observar a natureza nos ajuda a perceber e aprender muito e acabamos nos dando conta que assim como afetamos a Julie, sempre que deixamos de ser realmente quem somos, tentando nos moldar, nos adequar ao que supomos que a sociedade espera de nós, vamos muitas vezes tão contra nossa própria natureza que acabamos nos prendendo, nos limitando, não nos respeitando.

E por conta de tantos desacertos, infelizmente prejudicamos nossos animais de estimação, às vezes nossos filhos, quem conosco convive e a nós mesmos. E como consequência, muitas vezes desenvolvemos em graus diferentes problemas comportamentais, desde os mais simples aos mais complexos, como a Síndrome do Pânico e tantas fobias que encontramos afetando a muitos.

Que fique aqui o alerta em refletirmos o que em nós podemos não estar permitindo, se estamos respeitando nosso temperamento, se estamos agindo de forma a sermos pessoas felizes, nos dando oportunidade de fazer o que realmente gostamos, se estamos nos dando ao direito de viver em plena liberdade, leveza, enfim, se estamos vivendo de forma harmoniosa e buscando o nosso equilíbrio.

Pensem nisto, revejam a si mesmos e se permitam mudar no que for preciso. Se não souberem realizar estas mudanças sozinhos, então procurem um profissional que os ajudem, porque com toda certeza vale a pena ser feliz.

Fiquem com meu carinho...beijos...

ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

31 comentários:

  1. Valeria,

    muito bom a sua reflexão. E nos passa também como estamos vivendo, principalmente na família. Falamos de Amor, da amizade; de tudo, enfim, mas será que estamos exemplificando/ Como você coloca aqui, é só observarmos como reagem a nossa família e os nossos animais queridos. Porque há sempre reflexos nosso neles e também somos envolvidos, claro. Ter consciência para poder ponderar nossa maneira de ser é estar ajudando na melhoria de toda a família, e extendendo, no trabalho e os amigos.

    Anjo Luz, beijo, de coração, sempre!

    ResponderExcluir
  2. Bem pensado.Linda reflexão, bem verdadeira.

    Saber lidar com nossos medos, fobias é preciso pra nosso e bem de todos que conosco vivem...até os cachorrinhos,rs...

    beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Muito boa sua reflexão amiga, temos que ponderar o que estamos fazendo de nossas vidas e o que podemos mudar para melhorar
    Beijos em seu coração!

    ResponderExcluir
  4. Oi Valéria

    Minha nossa como a Julie é parecidíssima com o meu filho Bunk Júnior chegueia a ficar muito tempo olhando para essa foto são idênticos depois vou te deixar aqui uma foto dele para que veja a semelhança
    seja muito bem vinda em meu blog tbm
    sempre erramos quando vamos deixando nossos medos nossas angústias sem resolver e isso não nos trazer uma melhor compreensão de si mesmos
    precisamos sim como vc disse no texto parar e refletir como estamos nos deixando levar
    um belo fds a vc bjs....

    ResponderExcluir
  5. Oi Valéria

    Minha nossa como a Julie é parecidíssima com o meu filho Bunk Júnior chegueia a ficar muito tempo olhando para essa foto são idênticos depois vou te deixar aqui uma foto dele para que veja a semelhança
    seja muito bem vinda em meu blog tbm
    sempre erramos quando vamos deixando nossos medos nossas angústias sem resolver e isso não nos trazer uma melhor compreensão de si mesmos
    precisamos sim como vc disse no texto parar e refletir como estamos nos deixando levar
    um belo fds a vc bjs....

    ResponderExcluir
  6. Valéria: Uma reflexão bem pensada tens toda a razão, nós as vezes não sabemos lidar com os nossos medos e as nossas fobias.
    Beijinhos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  7. Jorge querido, é isso mesmo... hoje eu estava pensando no comportamento da Julie, que as vezes tem uns medos injustificáveis e quis fazer um paralelo com a vida de todos nós... sempre a repreendemos e queremos que ela não se expresse como um animal...queremos que ela fique sempre comportada, quietinha, sem latir... e isso vai contra o lado instintivo dela... e o mesmo acontece com as pessoas que se reprimem demais(ou são muito reprimidas pelos pais), que tentam viver uma vida de aparência, que não as deixa ser quem são de verdade...e o quanto ir contra si pode ser nocivo.
    Beijinhos...


    Chica querida é verdade isso... pensar na Julie fez eu refletir o que tantos sofrem, quando por própria escolha ou até alheia se fecham, se anulam, se apagam para se adequar a uma situação e o quanto isso pode ser terrível.
    Assim , como nos a encorajamos a reagir e ela fica bem, nós, como seres humanos e inteligentes que somos podemos promover muitas mudanças em cada um de nós também....beijinhos...


    Isa minha flor voce está certa... temos inteligência e inúmeras capacidades que nos habilitam a poder escolher crescer, mudar e sermos felizes....beijinhos...

    ResponderExcluir
  8. Lucy querida, muito bem vinda por aqui, sinta-se em casa... muito acertadas suas palavras...muitas vezes na correria na vida, vamos deixando de lado o que nos angustia, os medos e as inseguranças que vão nos surgindo e acabamos por preferir ignorar, deixar de lado ao invés de pararmos, refletirmos e ver o que pode ser feito a respeito... e quanto mais acumulamos estas situações mais complexas poderão ser as conseqüências.
    Vou lá no seu espaço sim, viu?
    Beijinhos...


    Santa Cruz meu querido amigo, é verdade, tem situações na vida que não sabemos ao certo como enfrentar...nestes casos podemos conversar com algum amigo, para que nos ajude a superar, porém se vemos que não é suficiente, precisamos procurar um profissional e trabalharmos isto. Beijinhos...


    Queridos(as) amigos(as), obrigada pela presença e palavras de entendimento de todos voces... tenham todos um final de semana maravilhoso e pleno de alegria...beijos...

    ResponderExcluir
  9. Oiee Val...
    Digo que esta busca de se autoconhecer e modificar é uma constante, pessoal e intransferível. Não vou dizer que é fácil, mas com o tempo vai se amadurecendo, conquistando maturidade, ajuda profissional, fé e coragem pra saber que é possível.
    Lindo fds.
    Bjss♥

    ResponderExcluir
  10. Querida Valeria.

    Muito feliz suas reflexões.

    Devemos estar atentos tanto para não sermos, nem dominados, nem dominadores.

    A paz e o amor nos relacionamentos tanto familiares quanto de amizades implica na percepção do espaço vital e nos momentos dos outros.

    Beijo no seu lindo coração.

    Paulo

    ResponderExcluir
  11. Oi Valéria,

    Ótimo texto!
    Eu tenho uma gatinha a Estrelinha.
    Ganhei ela com 03 meses e sempre a tratamos com muito amor, carinho, só que ela fica o dia todo no apartamento sozinha, não deixamos ela ir para a rua e ela desenvolveu um comportamento anti-social, ela escuta a voz de uma visita e entra para dentro do armário e não sai de lá se insistimos em tirá-la ela entra em desespero...
    Tenho pensado em um floral para ela tomar, para ver se supera esse medo das pessoas, florais são muito bons para animais também.
    Mas eu percebo que ela é feliz, vive muito bem, demonstra ser uma gatinha feliz mesmo, mas isso me preocupa um pouco...

    Bjo!

    Ótimo final de semana!

    Eli.

    ResponderExcluir
  12. Oi Valéria,

    Ótimo texto!
    Eu tenho uma gatinha a Estrelinha.
    Ganhei ela com 03 meses e sempre a tratamos com muito amor, carinho, só que ela fica o dia todo no apartamento sozinha, não deixamos ela ir para a rua e ela desenvolveu um comportamento anti-social, ela escuta a voz de uma visita e entra para dentro do armário e não sai de lá se insistimos em tirá-la ela entra em desespero...
    Tenho pensado em um floral para ela tomar, para ver se supera esse medo das pessoas, florais são muito bons para animais também.
    Mas eu percebo que ela é feliz, vive muito bem, demonstra ser uma gatinha feliz mesmo, mas isso me preocupa um pouco...

    Bjo!

    Ótimo final de semana!

    Eli.

    ResponderExcluir
  13. Teresa minha querida, o caminho é por ai mesmo...seja nossa busca constante ou com a ajuda de terapia, tudo é válido para que tenhamos uma vida plena, pois com certeza, vale a pena ser feliz...beijinhos...

    ResponderExcluir
  14. Paulo meu querido amigo do coração... sábias suas palavras, sempre... obrigada...sua presença me faz imensamente feliz...beijinhos...

    ResponderExcluir
  15. Eliane querida...já ouvi falar em florais para animais, com certeza devem ser bons...vou pensar no assunto... eu adoro gatinhos também amiga...
    Pois então nem assistindo ao Encantador de cães, o Cesar Millan, eu consigo ensinar determinados comportamentos que quero pra ela rsrsrs... mas ela também é bem feliz... beijinhos...

    ResponderExcluir
  16. Valéria, profunda a tua reflexão.
    trazemos conosco sensações que nos são difíceis de explicar e tudo podemos atribuir a infância, onde nos foi imbutidas, ainda que sem querer, certos medos, certas palavras a nós auferidas.
    Eis porque temos que manifestar a arte do pensar, para que não venhamos a sugestionar reações em nossos filhos.
    Eu minha amiga do lado de cá, tenho um enorme medo de baratas, elas pra mim, são maiores do que eu e sem querer passei esta fobia a uma de minhas filhas que tem como reação muito pior do que a minha. Pra mim é medo, pra ela é terror, a ponto de atravessar uma rua se por acaso tropeçar com uma na calçada a noite, como já aconteceu certa feita. Quase morri do coração e minha sorte é que nenhum carro vinha, em plena avenida ela fez isto.
    Te pergunto: Que culpa tenho eu? Toda a culpa do mundo, pelo meu desespero impensável...
    Sei que é um trauma que tenho da infancia...
    Como vê é uma cadeia que vai se desenvolvendo sem que queiramos. Por isto temos que nos educar, buscar equilíbrio desde as pequenas coisas, pra que não venham a se agigantar...

    Belíssima postagem

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  17. Olá amiga querida!
    Grande verdade!
    Fique pensando muito na sua cachorrinha e fazendo algumas comparações.
    Tenha um ótimo final de semana
    Beijos de muita luz!

    ResponderExcluir
  18. Val, que coisa incrível este seu depoimento...
    Nossa bateu bem dentro de uma tecla que hoje apertei pra valer com amigos sobre nossos valores e o uso constante de mascaras para agradar amigos e familiares e nos deixando cativos das verdadeiras coisas que gostamos de fazer e temos que enterrar certos sonhos ,porque a sociedade condena...
    feliz dia será quando pudermos ser aceitos do nosso jeito e não do modo como as pessoas nos desenharam ,baseadas em algumas faces mostradas por nós mesmos em ciclos de vida que agora mudaram.
    Infelizmente temos que nos esconder do que realmente somos ,para agradar uma grande maioria que segue um padrão de virtudes que nem sempre são reais.
    Mas continuamos a agradar alguns e desagradar outros quando realmente tiramos nossa mascara e nos mostramos como realmente somos...
    Abraços carinhosos....

    ResponderExcluir
  19. Olá Valéria.
    Pois é, nós com a correria do dia a dia às vezes nem percebemos que passamos algumas Energias para os animais. E eles são bem sensíveis.
    Minhas crianças adoram assistir o Encantador de Cães. Você já percebeu que ele sempre aborda os problemas dos animais á nível Energético, ele sempre fala da Aura e das atitudes de todos. Ele trata com Espiritualidade.
    Espero que sua cachorrinha se recupere logo.
    Um ótimo final de semana para você e sua família.
    Beijo enorme em seu coração!
    Lú.

    ResponderExcluir
  20. Oi Valeria

    A natureza contem infinita sabedoria, o instinto é uma força maravilhosa presente nos animais, é o que os guiam nesse mundo, é o que os fazem cumprir o seu propósito aqui na Terra.

    Gostaria de agradecer por suas palavras no meu blog.

    Seguir meu coração, minha intuição é uma coisa que eu venho tentando fazer a bastante tempo, neste momento também estou fazendo isso. Quanto à espiritualidade tenho resistencia a aceitar sem questionanr se aquilo não me tocou no coração, por esse motivo sou um pouco resistente às religiôes. O que você falou é muito certo, está na hora de confiarmos mais em nós mesmos. Mas eu te confesso que gostaria de encontrar alguém ou alguma religião onde eu pudesse me sentir bem e aprender mais...

    Paz

    ResponderExcluir
  21. Livinha querida para tudo com certeza tem uma ou mais explicações... este medo que voces tem poderia ser investigado, se voces quisessem...mas creio que o importante é não deixarmos outros medos ou comportamentos se acumularem e se agigantarem a ponto de prejudicarem o andamento de nossas vidas. Beijinhos...


    Alma querida, na natureza encontro muitas comparações pra pensar... o medo de minha cachorrinha, foi um deles, vejo as aves e suas liberdades, vejo o comportamento em geral dos animais, todos eles são o que são... não usam de artifícios...eles tem a coragem de simplesmente serem eles mesmos, sem se importar com a aparência exterior, veja um cão, como não guarda mágoas, sempre perdoa, sempre vem receber cada um com alegria ao chegar em casa, enfim poderia dizer aqui muitos exemplos para nos comparar a eles, e nós quem somos os racionais(parece que muitas vezes,não somos....) Beijos...


    JR querida, infelizmente o que voce diz acontece na maior parte das vezes...pois termos coragem de sermos totalmente nós mesmos tem preço e nem sempre as pessoas estão dispostas a pagar...
    Sempre penso muito a respeito das coisas da vida e tenho aprendido muito a como lidar com muitas coisas e isso é libertador... quanto mais conseguirmos ser quem realmente somos, mais felizes seremos... beijinhos...

    ResponderExcluir
  22. Lú querida é verdade...tudo é energia e o Cesar Millan é fantástico ao lidar com tudo isso... fico assistindo seu programa absolutamente encantada...minha cachorrinha é bem feliz, tem alguns momentos que apresenta alguns medos, penso que seja em função de reprimirmos seus instintos naturais de animal...não queremos que fique latindo muito, que fique como um bibelo... e as vezes ela reage deste modo. Dai, lá vamos nos a encoraja-la a voltar ao normal... mas assim como nós fazemos isto com ela, tem pais que querem que seus filhos sejam "perfeitinhos" o tempo todo, ou mesmo nós querermos exigir que sejamos desta ou daquela maneira que achamos que agrade mais..agora imagina o tamanho do estrago que isso pode gerar... então quis escrever este texto para refletirmos sobre como tudo realmente gera consequências...beijinhos...


    Talita minha querida, voce está certa...precisamos respeitar mais os instintos dos animais... são uma parte fundamental para todos eles.
    Te visitarei amiga... beijos...


    Meus amores de amigos(as) tenham um maravilhoso sábado... deixem o amor os guiar... sintam-se leves, felizes e harmônicos...meu carinho a cada um de voces...beijos...

    ResponderExcluir
  23. É minha amiga, quanto mal fazemos a nós mesmos sem perceber.
    É preciso saber viver e conviver sem nos violentar.

    Um lindo final de semana pra você.

    Beijinhos

    Pris

    ResponderExcluir
  24. Valéra Muito muito muito obrigada por suas palavras, no exato momento em que acabei de ler sua postagem recebi a noticia de que ele esta indo para a UTI (10:00 hs). Ontem ele me fez algumas perguntas que o perturbavam e que eu não sabia a resposta, conversei com minha mãe e juntando o que eu sabia com o que ela sabia conseguimos entender o que ele queria, minha mãe pediu autorização para entrar na UTI e falar com ele, a médica autorizou, acredito que essa conversa vai tranquiliza-lo muito, em outra postagem que eu fizer vou explicar melhor os detalhes.

    Muita Paz

    ResponderExcluir
  25. ValerériaC, encontrei seu twitter e logo vim dar uma espiadinha em seu blog.
    Gostei muito de seus posts. Você fala com a alma e vai lá dentro de nós.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  26. Pris querida nossa vida é constante aprendizagem e precisamos nos atentar a tudo mesmo, pois mesmo na boa intenção podemos nos prejudicar ou prejudicar alguem...beijinhos...



    Talita querida, aguardarei seu próximo post...que tudo seja o Bem maior para todos...beijinhos...


    Sanbahia minha flor, que alegria voce ter me encontrado...bem vinda...fiquei muito feliz com sua visita e palavras...venha sempre que quiser...gostei de ver a alegria em seu olhar...um abraço...


    Lindo final de semana !!!! Beijinhos....

    ResponderExcluir
  27. Olá Valéria querida. Muitas das vezes ficamos doentes, permitindo que outras doenças nos afetem, é preciso vigiar sim. A escalada da vida nos exige clareza de alma e franqueza de atitude, poucos gostam disso, então quando somos o que somos verdadeiramente incomodamos muito. Graças a Deus eu busco a luz, e que ela se espraia para todos os lados que eu andar. Fica na paz, saudades muitas também, grande beijo!

    ResponderExcluir
  28. Viver para os outros significa desconsiderar a si, e, em última estância, a todos, visto que somos inseparáveis do todo. Talvez o ideal seja orientar-se não dependendo de nada externo, convivendo com tudo que nos cerca - permitindo que a integração seja natural e gradual. Vale a pena ser feliz, sim, concordo!!
    Um bjo pra vc e um ótimo domingo, minha doce amiga.

    ResponderExcluir
  29. Faço do seu post o meu texto, falamos o mesmo idioma o da harmonia, com tudo a natureza, ao próximo em fim tudo, e o equilíbrio então temos que buscar nem sempre fácil, mas rsss se fosse fácil que graça teria;
    A vida é como o gelo nas montanhas, começa preso condicionado, com o tempo vai se soltando se despreendendo e as águas saem livres, dali em diante só rio, sorrio, sou rio...(William César)
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  30. Olá, Valpeiraquerida
    Temos uma gatinha em casa... sei do que fala... Amo animaizinhos também...
    Venho porpor-lhe algo no meu post de amanhã...
    Conto com sua participação amiga.
    Excelente semana,cheia de ricas bênçãos!!!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  31. Cacau querida, voce está certa em seguir sua vida assim amiga... sempre um alegria tê-la por aqui...beijinhos...


    Denise querida muito acertada sua visão amiga... meu carinho sempre a ti...beijinhos...


    Hana voce é uma flor linda e seu filho William é um anjo em forma de gente... voces trabalham para o Amor como eu também... os admiro muito...beijinhos...


    Roselia florzinha obrigada por seu carinho de sempre...irei ve-la amiga...beijinhos...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails