sexta-feira, 19 de novembro de 2010

UTILIZE SEUS RECURSOS


UTILIZE SEUS RECURSOS

A maioria dos homens não vive em paz.

Estar em paz não significa apenas não fazer parte de uma guerra.

Muitas vezes não há atritos visíveis com os semelhantes, mas a criatura permanece sem sossego.

A paz interior consiste em uma harmonia preciosa e constante.

Quem desfruta desse tesouro convive bem consigo mesmo.

Por mais que enfrente dificuldades na vida, seu íntimo permanece tranquilo.

O homem pacificado não necessita inventar distrações.

A percepção de seu mundo interior não o angustia.

A agitação da sociedade moderna evidencia quão poucos realmente desfrutam de paz.

As inovações tecnológicas gradualmente liberam o homem de tarefas repetitivas e tediosas.

Cada vez ele dispõe de mais tempo livre, mas não utiliza suas folgas para conhecer e cultivar o próprio caráter.

Na ânsia de conquistar coisas, multiplica desnecessariamente as horas de trabalho.

E nos raros momentos em que se permite ficar livre, procura distrações ruidosas e absorventes.

É como se o encontro com a própria alma fosse algo a ser evitado.

Sejam ricos ou pobres, bonitos ou feios, cultos ou iletrados, os homens procuram fugir de si próprios.

Mesmo quem reúne condições consideradas ideais para a felicidade raramente desfruta dessa situação.

As criaturas enfrentam torturas íntimas, ansiedades e complexos aparentemente injustificados.

Por mais que a vida siga tranquila, a ausência de paz permanece.

A questão é que a verdadeira paz pressupõe a consciência tranquila.

E tranquilidade de consciência só tem quem está em harmonia com as leis divinas.

Todos os homens já viveram inúmeras vidas, em sua jornada pelo infinito.

Foram criados ignorantes e simples e se destinam a mais elevada sabedoria.

Para crescer em entendimento e compreensão, encarnam inúmeras vezes, em diferentes situações.

Objetivando aprender a discernir o certo do errado, dispõem da liberdade de agir.

Contudo, respondem por tudo o que fazem.

A lei humana é falha e muitos equívocos são por ela ignorados.

Mas na consciência de cada ser encontram-se registrados todos os seus atos.

Maldades cometidas contra os irmãos podem ter sido bem escondidas no passado.

Mas quem se permitiu viver o mal mantém em seu íntimo a marca da desarmonia.

Ocorre que toda vivência, mesmo marcada pelo erro, deixa a herança da experiência.

De cada refrega o homem sai amadurecido.

A cada vida ele cresce em entendimento e possibilidades.

O importante é aprender a utilizar no bem os recursos adquiridos.

Em sua primeira epístola, o apóstolo Pedro afirma: “o amor cobre a multidão de pecados”.

Os erros fazem parte do processo de aprender.

Mas apagá-los mediante o amor bem vivido propicia paz e harmonia.

Assim, utilize seus recursos no bem. Contabilize todos os tesouros que você amealhou no decorrer dos séculos:

Inteligência, sensibilidade, aptidão para falar ou escrever, habilidades as mais diversas. Empregue tudo isso na construção de um mundo melhor.

Ao utilizar amorosamente seus talentos, você estará cumprindo a tarefa que lhe cabe no concerto da criação. E uma sublime paz habitará seu coração.

Pense nisso.

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita

Imagem: http://images.google.com.br

19 comentários:

  1. Ótimo texto pra reflexão amiga!
    Temos mesmo que utilizar nossos recursos para obtermos paz e harmonia em nossas vidas!
    Beijos em teu coração!

    ResponderExcluir
  2. Acho que mesmo com a modernidade, o homem está cada vez mais escravo de tudo... Saber usar tudo de bom que ela nos traz e colocar amor sempre no que fazemos é o caminho...beijos,lindo fds,chica

    ResponderExcluir
  3. Valéria,
    Sempre oportuna, sempre pertinente...

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Acredito que os recursos estão dentro de nós, é só silenciar a mente e ouvi-los...

    Bjos querida e ótimo final de semana!

    Eliane.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia minha amiga,
    Todos nós trazemos dentro do imo, um tesouro, que nos reabastece, nos recarrega a permanecer na travessia.
    Interagindo, vamos seguindo de tal forma que nem vemos passar o dia.
    De volta pra casa, tão cansados e esquecidos, nem lembramos daquele grilinho que no ouvido estava a cantar. E ficamos satisfeitos, a Deus agradecido, a oportunidade de amar....

    Lindo texto minha amiga.

    Felicidades pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  6. oi Valéria,

    destaco a parte

    "Mesmo quem reúne condições consideradas ideais para a felicidade raramente desfruta dessa situação."

    Ficamos o tempo todo procurando trabalhar/trabalhar e trabalhar para juntar muitas vezes bens materias para curtirmos com a familia, amigos etc... Só que ficamos tão precocupados em procurar, em juntar esses bens,que quando os temos, eles sao insuficientes ou desnecessários... Acaba que nao sabemos utiliza-los por nunca termos aprendido, uma vez que aprendemos apenas a procura...

    Muito obrigado pela postagem!
    Tenha um fim de semana cheio de Luz, com muitas realizações e muuuiita PAZ!

    ResponderExcluir
  7. Creio que temos a explicação do porque não nos olhamos no espelho, de fato. Temos medo de compreender a nós mesmos, de saber quem somos. Porque a partir daí, o homem acaba a ter de assumir as próprias responsabilidades, em tudo que realizar. E quem, hoje, quer assumir?

    Minha amiga, beijo, de coração!!!

    ResponderExcluir
  8. Vivemos em guerra conosco mesmo.
    É a busca pelo emprego, posição social, "melhor" qualidade de vida e muito mais. E nessa eterna busca esquecemos do principal: A Paz, o Amor que está plantado em nossos corações por um Ser Maior. Esquecemos de cuidá-la, de regá-la.
    Então, promovemos nossa própria guerra.
    Lindo o texto.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  9. Valéria. Belo texto. É real. Mesmo com a autmatização, o homem ainda não consegue perceber a importância de estar consigo mesmo, para evoluir, crescer, ascender espiritualmente. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Meus amores de amigas(os) agradeço a cada um de voces por suas carinhosas palavras e me felicito pelo fato de perceberem a real importância em pararmos e olharmos para dentro de nós, de nos sintonizarmos com a paz, nos equilibrarmos no amor... ver que somos responsáveis pelo curso de nossas vidas, por nossas escolhas...somos abençoados em recursos, aprendamos a priorizar tudo o que for realmente importante na vida e nos dedicar de forma positiva a isso. Assim, faremos nossa vida melhor e consequentemente o mundo ficará melhor.
    Tenham um maravilhoso final de semana...beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Oi, querida
    Em base ao seu texto e tendo muito a ver com o início dele,passo pra lhe convidar:
    Vou fazer uma semana de reflexões a partir de amanhã com textos sobre o silêncio, acompanha,tá?
    Saudações com votos de paz e alegria no fim de semana que se inicia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!!!!!!!!!!!!!

    Eu tava pensando cá com meus botões, agora também, parafusos!!
    Por onde anda minha Amiga VALÉRIA?
    Sei que estou em falta com você, de vir mais vezes aki, te dar um bom dia, uma boa tarde, um boa noite, mas fiquei hoje o dia todo, cadê essa garota?
    Vim logo aki, pra ver tinha acontecido algo, pois tu não és de sumir como eu, andei sumido!
    Mesmo meio que atarefado essa semana, ainda nem consegui responder todos os e-mail e, lá mesmo no Desnudo, ainda não respondi todos os comentários...
    Bem!!!
    Tô vendo que tu tá bem, Garota!!
    Mas é que eu tava mesmo preocupado e, com saudades de Ti, principalmente de vir aki, no Verdão...
    Uma linda noite pra você, minha querida Amiga, gostosa do coração, que amo e adoro...
    Com todo carinho

    Marcio RJ

    ResponderExcluir
  13. Valéria. Há um desafio em meu blog para você, minha amiga. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Querida,

    Tem um selinho de Natal de presente para vc no meu blog.

    Bjos,

    Eliane.

    ResponderExcluir
  15. O enfrentamento intimo é difícil, mas inevitavelmente terá que acontecer...
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oiee Val!!!
    Silenciar é uma arte, da qual nem tds tem a sensibilidade de vivenciar.
    Lindo fds.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Texto perfeito, mas como bem explica é com erros que vamos achar os acertos e mesmo assim leva tempo.
    O homeme se tornou egoista...esqueceu que ningu;em faz nada sozinho, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  18. Amigas (os) queridos minha gratidão por seus entendimentos...
    Roselia vamos refletir sim querida...beijos
    Marcio meu querido... alegria imensa sempre com sua presença...beijinhos
    Maria José minha querida, fiz este desafio no dolcealgodão...obrigada pela lembrança...beijinhos
    Eliane minha flor...obrigada...depois vou lá ver...beijinhos
    Jeanne querida voce tem toda razão...beijos
    Teresa querida silenciar é uma arte que todos podemos aprender, se nos esforçarmos um pouquinho...e faz tão bem...beijinhos...
    Lisette minha querida, errar é somente um caminho um pouco mais longo pra aprender, mas nos levará infalivelmente à evolução também...faz parte de todos nós...beijinhos

    Meus amores tenham um maravilhoso entardecer de domingo e uma semana plena de serenidade, alegrias e muito amor no coração...beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Obrigada por esta bênção!!!
    Beijossss

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails