quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

GRAÇAS TE DOU...

GRAÇAS TE DOU...

Graças te dou Senhor,

porque és Pai...

Me faz filha única para ti.

Tem o poder sobre a minha vida,

sobre todo meu ser físico e espiritual.

Te louvo Senhor,

porque nunca me abandonas,

estas sempre de braços estendidos

para me acolher, me sustentar...

Mesmo quando estou derrubada no chão

me sentindo sem forças para prosseguir.

Quando no silêncio não quero falar

com ninguém além de vós...

Estas sempre pronto a me ouvir...

Quero tanto te ouvir Senhor,

fala comigo nesse santo silêncio...

diz o que devo ser e fazer,

me mostra por onde devo ir

para te encontrar...

e ter paz no tormento

ter Amor meio a tanto desamor,

encontrar esperança entre tanta falta de fé

ser corajosa quando o desejo é me acovardar...

viver a verdade

num mundo entrelaçado de mentiras...

Quero crer em ti sem vacilar,

pois és vitorioso em minha vida...

Perdoe Senhor,

se nem sempre confio o quanto deveria confiar,

se não me abandono em ti...

crendo na vossa providência.

Se não sigo o que me aconselhas

Se fico cega no meu viver

Se critico, se julgo, se não te agradeço,

Se choro e me desespero,

Se não dou amor, se não faço felizes os meus

Se nem sempre te vejo nos irmãos,

E se não dou todos os passos de fé que preciso em minha vida.

Quando falho em mostrar aos outros

o quanto és maravilhoso,

Que és verdadeiramente Pai,

Que és misericórdia, és perdão

És: o " Amor".

Senhor, quero ser toda vossa

Quero de corpo e alma

fazer o que quiseres de mim

e esperar de ti o que for de vossa vontade.

Me faz ser, ver, ouvir e fazer tudo

o que me torne cada dia mais parecida com Vós,

mesmo eu sendo tão pequena,

mesmo eu sendo santa e pecadora...

Realiza Senhor, me molda com a vossa forma

Te imploro, cuida de mim,

vem ficar comigo.

Usa-me como vossa serva

Usa minha mente, minha boca, todo o meu ser

para quebrar os corações endurecidos

para trazer mais crentes em ti.

Me guia Senhor ...

para que eu caminhe não mais onde eu quiser,

mas, somente sobre tuas pegadas...

Muito obrigada Pai,

pois diante da minha insignificância

permite que eu te ame, pois me conheces como ninguém.

Peço Senhor que aceite o meu amor,

mesmo sabendo que ele não é perfeito como o vosso Amor.

Receba o meu coração em vossas mãos...

Receba o pouco que sou, o pouco que tenho

E me transforma Senhor...

Aceite meus pensamentos, minhas palavras,

minhas lágrimas, que sei que nunca serão em vão...

E me faz ser ação de amor e de fé.

E eternamente...graças te darei!

Texto de ValériaC escrito em 01/11/2000

Imagem : : http://images.google.com.br

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

DOR - REPARAÇÃO

DOR – REPARAÇÃO

A tua é uma dor pessoal, intransferível, que ninguém pode compartir.

Gostarias que os amigos e familiares tivessem dimensão do que te aflige, da profundidade do seu sofrimento.

Não é possível! Há experiências que necessitam ser vividas, para mais bem dimensionadas.

Cada criatura conduz a sua própria dor e está preocupada com o fardo que a esmaga.

Qual ocorre contigo, os teus amigos e afetos encontram-se igualmente sofridos e , mesmo que não o digam, passam por momentos difíceis.

Supões que o teu é um calvário demasiado e que tudo de aflitivo te acontece.

Assim crês, porque ignoras os testemunhos dos demais.

Quantos enlouquecem de um para outro momento, sem aparente causa que o justifique!

Eles, porém, não suportaram manter o equilíbrio por fragilidade das resistências.

Assim, não te magoes com aqueles que te não são solidários nos teus momentos de angústias. Eles já têm a sua própria quota, que buscam dissimular e esquecer.

Ninguém passa pela Terra sem a presença da agonia, que sempre surge para cada um consoante a necessidade do resgate em que se encontra incurso.

Imposto o compromisso de restauração, os mecanismos das Divinas Leis se apresentam automaticamente.

Mantém-te em paz íntima, na tua dor.

A rebeldia torna-a insuportável; a desesperação fá-la maior do que é; o desânimo conspira contra a sua superação; a mágoa apresenta-a mais rude...

Se a aceitares, porém, como fenômeno natural, logo a vencerás com triunfos de luz.

Não consideres que sofres porque foste o pior dos seres no passado espiritual.

Existe a dor-elevação, a dor-conquista, a dor-resgate.

A tua é resgate, sim, que o teu amor não conseguiu evitar.

Por isso mesmo, ama. Desveste-te das prevenções e do pessimismo, da auto-compaixão e da revolta surda, amando mais, e conseguirás com rapidez a harmonia.

No teu processo de resgate, porque amando, mais amenas têm sido as provações, pois que, igualmente recebes ajudas incomuns, que somente poucas pessoas conseguem.

Amigos devotados e zelosos te cercam com carinho; recolhes gentilezas e dádivas inabituais; fruis de bênçãos que a outros constituíram felicidade...

Num balanço justo a tua coleta de favores divinos é muito maior do que o testemunho de lágrimas e dores.

Assim mesmo, aquelas lágrimas que vertes e as dores que carpes poderão ser amenizadas, se mudares de paisagem mental e começares a agradecer a Deus, louvando-O através da oração.

A indumentária carnal, por mais resistente, um dia se rompe e desnuda o Espírito que volve à realidade imortal.

Se sofreu com resignação e amealhou benefícios retirados do sofrimento, a sua dor-resgate brinda-o com os reencontros felizes e as alegrias a que faz juz.

Se, no entanto, não foi suportada com o aprumo e a elevação necessários, prossegue, porque dívida não paga ressurge com juros que a aumentam.

Repara, desse modo, os erros e iniqüidades transatos, produzindo o bem em todos os teus atos, fazendo luz no íntimo, a fim de ficares livre e pleno como Deus planeja para todos nós.

Trecho do livro “Desperte e Seja Feliz”- Divaldo Pereira Franco/ Espírito Joanna de Ângelis

Imagem : Fotografia tirada por ValériaC

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

GENEROSIDADE...

GENEROSIDADE...

Geralmente, fala-se em generosidade em termos de sentí-la pelos outros e pouco se fala em tê-la também por si mesmo.

Muitas vezes em nossas vidas se faz necessário que aprendamos a ser generosos conosco . Sempre nos cobramos demais, e não aceitamos que somos seres falíveis... em permanente construção... e que temos que entender e aceitar que para termos acertos, geralmente precisamos passar tantas vezes pela experiência do errar.

Mas, errar também é um caminho para se aprender nesta nossa caminhada como seres humanos. Nada é perdido nesta vida. Crescemos quando acertamos, assim como quando nos enganamos, nos iludimos. Tudo, cedo ou tarde faz com que comecemos a “ver” mais claramente o que nos acontece e isto, pouco a pouco, nos faz mudar a percepção que temos do mundo, nos levando ao amadurecimento.

Não tenhamos medo de errar... tenhamos medo de ficarmos parados sem tentar viver aquilo que sentimos em nossos corações. Jamais devemos ignorar tudo aquilo que nossa alma nos fala ao coração. Pois, dentro dele habita Deus e ele nos fala muitas das vezes, através de nossa intuição... o que pode aumentar nossas chances de acertar em nossas escolhas.

Quando conseguirmos ser generosos conosco, nos perdoando quando falharmos, mais aprenderemos a ser bondosos e verdadeiramente generosos para com o mundo em que vivemos. Assim como Deus é para conosco, quando nos aceitamos nos erros e nos acertos, aceitamos também a “humanidade” do nosso próximo.

E desta forma, traremos mais equilíbrio em nossas vidas... o que nos capacitará a vibrarmos mais serenidade e Amor... que o mundo tanto precisa.

Exale bondade...ame-se e ame mais as pessoas que te cercam, respeitando suas diferenças, suas crenças, aceitando a unicidade de cada um... que em sua essência traz o Bem, às vezes ainda não despertado...

Mas, se Deus tem paciência em esperar o crescimento de cada um de seus filhos...por que nós não podemos imitá-lo?

Dê um passo adiante em seu caminhar de evolução e seja mais um a levar Amor e generosidade para si mesmo e para o mundo...

Texto escrito por ValériaC em 17/02/10

Imagem: http://images.google.com.br

sábado, 13 de fevereiro de 2010

SUCESSO E SUCESSO

SUCESSO E SUCESSO

No dicionário do pensamento cristão sucesso é vitória sobre si mesmo e sobre as paixões primitivas.

O mundo convencionou que sucesso, porém, é triunfo nos negócios, nas profissões, nas posições sociais, com destaque da personalidade, aplausos e honrarias, todos eles de efêmera duração.

No primeiro caso, ninguém toma conhecimento, embora transpareçam, no convívio com a pessoa, as alterações emocionais e comportamentais proporcionadas pela paz, sensibilidade afetiva, docilidade no trato.

No segundo, a exaltação e a glória chamam a atenção, despertam a inveja, a cobiça, provocam comentários, urdem competições.

O indivíduo que experimenta o sucesso interno torna-se gentil, quão afável, irradiando bondade, e conquista em profundidade, sem excentricidades, aqueles que se lhe acercam.

Quando, no entanto, é externo esse triunfo, torna-se ruidoso, impondo preocupação para manter o status, chamar a atenção, atrair os refletores da fama.

A plenitude domina aquele que se domou e trabalha pelo crescimento íntimo, sem pressa nem perturbação.

Já aqueloutro, que desfruta da projeção exterior, sofre solidão, vazio, frustrações e tédio. O convencional indivíduo de sucesso não é, necessariamente, uma pessoa feliz. Persegue-se, no entanto, na Terra, esse sucesso convencional, com sofreguidão perturbadora, com objetivos imediatistas e sobrecargas de emoções em desgastes. Para conquistá-lo e mantê-lo surgem desgostos mórbidos, guerras surdas e declaradas são acionadas, ódios cruentos se propõem pelo caminho do apogeu, e , quando se alcança o topo, receios injustificáveis, artifícios complexos, mecanismos de exaltação e de escândalos são recrutados para a preservação do lugar conquistado.

O sucesso sobre si mesmo acentua a harmonia e aumenta a alegria do ser, que se candidata a contribuir em favor do grupo social mais equilibrado e feliz, levando o indivíduo a doar-se ao mister.

O sucesso de Júlio César, conquistador do mundo, entrando em Roma em carro dourado e sob aplausos da multidão, não o isentou do punhal de Brutus nas escadarias do Senado.

O sucesso de Nero, suas conquistas e vilanias, não o impediram da morte infamante a que se entregou desesperado.

O sucesso de Hitler, em batalhas cruéis nos campos da Europa e da África, não alterou a sua covardia moral, que o conduziu ao suicídio vergonhoso.

O sucesso, porém, de Gandhi, fê-lo enfrentar a morte proferindo o nome de Deus.

O sucesso de Pasteur auxiliou-o a aceitar a tuberculose com serenidade.

O sucesso dos mártires e dos santos, dos cientistas e pensadores, dos artistas e cidadãos que amaram, ofereceu-lhes resistência para suportarem as afrontas e crueldades com espírito de abnegação, de coragem e fé.

Todos aqueles que transitam na forma física, no Educandário terrestre, de breve duração, deixam um dia o carro material, levando, entretanto, nos depósitos da alma, os tesouros logrados com os seus sucessos...

Avalia, de tua parte, qual o sucesso mais valioso, aquele que realmente merece a tua entrega total.

Sem que te alienes do mundo, ou abandones a luta do convívio social, busca o sucesso – a vida correta, os valores de manutenção do lar e da família, o brilho da inteligência, da arte e do amor – descobrindo que, nesse afã, terás tempo e motivo para o outro sucesso, o de natureza interior.

Quem visse o sucesso de Pilatos, de Anás e de Caifás na política e na religião, encarcerando Jesus traído por um amigo e crucificado entre bandidos comuns, certamente não os lamentaria, constatando depois que, aparentemente vencido, foi o Mestre o conquistador do real sucesso, permanecendo até hoje como símbolo e modelo de vitória sobre si mesmo, chamando-nos para imitá-LO.

Trecho do livro “Desperte e Seja Feliz”- Divaldo Pereira Franco/ Espírito Joanna de Ângelis

Imagem : : http://images.google.com.br

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

PRA QUE SERVE O SEU DEUS?


Pra que serve o seu Deus?

Esta pergunta parece um absurdo, pra você?
Você pensa que Deus não te serve?
Tudo serve ao ser humano, ou pode servir. Tudo.
Deus pode servir pra muita coisa: pode servir pra você se sentir inferior ou superior, pode servir pra você criticar e falar dos outros, pode servir pra você se agarrar na hora do desespero, pode servir pra você conversar dentro de você, pode servir pra você culpar de tudo que não vai bem na sua vida, pra você se cobrar, pode servir pra tanta coisa!...
Pra que serve o seu Deus?
Você pensa que alguém ser religioso ou religiosa é um atestado de elevação? Você pensa que, por crer num Deus, você é melhor que quem não crê?
Crer em Deus significa pouca coisa, o importante é ver pra que você usa esse Deus.
Tem gente que usa Deus pra se segurar. Pra não fazer aquilo que considera errado ou pecado.
Tem gente que usa Deus pra se apoiar, pra justificar suas ações.
Tem gente que usa Deus pra abandonar a responsabilidade por si, jogando o destino na mão dele.
Tem gente que usa Deus pra dividir suas dúvidas, para tentar entender a vida, pra buscar lucidez nas decisões.
Eu não estou falando do Criador da Vida. Estou falando da sua idéia de Deus, da imagem que você criou e da função que você lhe deu.
Porque o ser humano é um sistema impressionante de transformação de pensamentos, cujo funcionamento está condicionado pelo seu amor ou seu egoísmo, pela crença no Bem ou no mal e pela sua compreensão particular das leis que regem a vida.

E pra você se ligar ao Deus verdadeiro, você precisa se desprender da sua visão particular, da sua idéia de Deus. Largar mão daquilo que você acha que Deus gosta ou não gosta.
DEUS É UM AMOR PROFUNDO E UMA COMPREENSÃO INFINITA.
DEUS OPERA NA CONSTRUÇÃO E NA DESTRUIÇÃO.
DEUS TE SUSTENTA, MAS NÃO TE SEGURA, TE ENSINA, MAS NÃO TE IMPEDE.
DEUS SE ABRE PARA AS INÚMERAS POSSIBILIDADES DO FUTURO E ABRAÇA TODAS COM CARINHO.
DEUS PODE OUVIR SEU CORAÇÃO, ALÉM DAS SUAS PALAVRAS.
DEUS TE PÕE NA VIDA E QUER QUE VOCÊ VIVA - SÓ ISSO!

Texto de Calunga/Rita Foelker em Vamos ficar bem

Pense nisso: “Deus pode ser contemplado em cada coisa, e atingido em cada ação pura.” (Martin Buber)

sábado, 6 de fevereiro de 2010

RECONHECER-SE

RECONHECER-SE

Não se menospreze. Eduque-se.

Não se marginalize. Trabalhe.

Não apenas administre. Obedeça.

Não apenas mande. Faça.

Não condene. Abençoe.

Não reclame. Desculpe.

Não desprimore. Dignifique.

Não ignore. Estude.

Não desajuste. Harmonize.

Não rebaixe. Eleve.

Não escravize. Liberte.

Não ensombre. Ilumine.

Não se lastime. Avance.

Não complique. Simplifique.

Não fuja. Permaneça.

Não dispute. Conquiste.

Não estacione. Renove.

Não se exceda. Domine-se.

Lembre-se: todos nós em tudo, dependemos de Deus, mas os empresários

de nosso êxito, em qualquer ocasião, seremos sempre nós mesmos.

Trecho do livro Respostas da Vida – Francisco C. Xavier (Espírito André Luiz)

Imagem: http://images.google.com.br

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

ESTE DIA

ESTE DIA

Este dia é o seu melhor tempo, o instante de agora.

Se você guarda inclinação para a tristeza, este é o ensejo de meditar na

alegria da vida e de aceitar-lhe a mensagem de renovação de permanente.

Se a doença permanece em sua companhia, surgiu a ocasião de tratar-se

com segurança.

Se você errou, está no passo de acesso ao reajuste.

Se esse ou aquele plano de trabalho está incubado no seu pensamento,

agora é o momento de começar a realizá-lo.

Se deseja fazer alguma boa ação, apareceu o instante para promovê-la.

Se alguém aguarda as suas desculpas por faltas cometidas, terá soado a

hora em que você pode esquecer qualquer ocorrência infeliz e sorrir

novamente.

Se alguma visita ou manifestação afetiva esperam por você, chegou o

tempo de atendê-las.

Se precisa estudar determinada lição, encontrou você a oportunidade de

fazer isso.

Este dia é um presente de DEUS, em nosso auxílio; de nós depende aquilo

que venhamos a fazer com ele.


Trecho do livro Respostas da Vida – Francisco C. Xavier (Espírito André Luiz)

Imagem: http://images.google.com.br


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

NÃO DESPERDICE TEMPO...

"Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida." (Sêneca)

NÃO DESPERDICE TEMPO...

O tempo não para nunca...minuto a minuto vai se esvaindo nosso tempo nesta vida... por isso se faz tão urgente viver o momento presente e fazer com que cada instante seja o resultado de nossas melhores escolhas e que estas sejam fruto de uma verdadeira consciência.

Porém, para que isso ocorra, é preciso buscarmos cada vez mais nosso crescimento interior.

Faça um favor a si mesmo... pare, silencie por uns instantes do seu dia...isso pode fazer um bem enorme a você e ao mundo, pois, somente quando estamos bem conosco, podemos fazer um bem maior aos que nos rodeiam...

Busque uma fé (seja ela qual for...) que te torne mais feliz, que te acrescente aprendizagem como ser humano...estude-a e o principal: deixe a sua fé transparecer em seus atos.

Busque renovação, crescimento sempre... pois tudo o que aprendemos, é nosso eternamente...então, vibre o melhor de você aonde quer que você vá...o Universo te agradecerá e fará de sua jornada, um caminhar com alegrias, bênçãos e PAZ!

Texto escrito por ValériaC em 27/01/10

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails