segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

AMOR


AMOR

Pense em alguém que você goste muito.

Do passado, do presente ou do futuro.

Pode ser um bichinho, um brinquedo, uma pessoa, uma criança, uma situação agradável.

Pense e sinta.

Sinta esse amor, agora, aqui, em você.

Conecte-se com o amor que habita você.

Comece a incluir nessa amorosidade todas as pessoas que estão próximas a você.

Vá expandindo sua capacidade de amar.

Inclua todas as pessoas que você conhece.

Agora inclua as que você não conhece.

Inclua próximas e distantes.

Inclua pessoas que você jamais viu.

Os povos africanos, asiáticos, australianos.

Os povos e tribos de toda a Terra.

Inclua em seu amor todo o planeta, com árvores e insetos. Flores e pássaros. Mares, rios, oceanos.

Inclua a vegetação da Amazônia e da Patagônia.

Inclua o Mar Morto e o Deserto do Saara.

Não deixe o Pequeno Príncipe de fora.

Inclua os Lusíadas, a Odisseia, Kojiki,

Inclua toda a literatura mundial, um pouco de Machado de Assis, Eça de Queiroz, Shakeaspeare, um tanto de Saragosa, uma gota de Jorge Amado, banhado por Herman Hesse e Amon Oz.

Inclua todas as religiões.

Como se não houvesse dentro nem fora.

Imagine, como John Lennon, que o mundo é um só.

O mundo é uno. O mundo, o universo, o pluriverso é um só.

Nós somos unas e unos com o uno.

Perceba.

Isto que digo é a verdade.

E só há esse caminho.

Inúmeras analogias, linguagens étnicas, expressões regionais e temporais para tentar atingir o atemporal, o fluir incessante, incandescente, brilhante, da vida em movimento transformador.

Somos a vida da Terra.

Somos a vida do Universo.

Somos a vida do Multiverso.

E quando nossos pequeninos corações humanos se tornam capazes a ir além deste saquinho de pele que chamamos o eu, nos contatamos com a essência da vida. Que é a nossa própria essência e de tudo que é, assim como é.

Algum nome? Nenhum nome?

Caminhemos. Tornamo-nos o caminho a cada passo.

Que cada passo seja um passo de paz.

Que o novo ano se abra com a abertura dos corações-mentes de todos nós seres humanos.

Abertura para o infinito.

Abertura para a imensidão.

Abertura para a ternura.

Abertura para a sabedoria.

Abertura para a compaixão.

Que todos os seres em todas as esferas e todos os tempos se beneficiem com esse amor imenso que aqui e agora juntas, juntos, nos tornamos. E ao nos tornarmos o amor tudo se torna vida e vida em abundância. Ame e manifeste esse amor agora.

Mãos em prece

Autoria de: Monja Coen / www.monjacoen.com.br

Imagem: http://images.google.com.br

28 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Valéria
Quanta sensibilidade nos mostra a Monja Cohen.
E vc com a sua vem nos apresentar este texto tão lindo.
É mais qu poema, é mais que canção, é mais que oração...
Simplesmente lindo
Gratidão

Cigana do Oriente disse...

Bom dia querida, que bom conhecer a ideologia dessa monja, excelente!
E vamos dar abertura para tudo o que nos traga benefícios, pois estaremos abertos as belezas e harmonias do Universo
Beijos e linda semana pra ti!

Chica disse...

Lindo isso é o amor incondicional...beijos,tudo de bom,linda semana!chica

Dora Regina disse...

Querida, que linda pedagogia do amor.
Uma verdadeira lição!
Um grande abraço!

Jorge Nectan disse...

Linda meditação.
Nos integrarmos ao todo, sentí-lo e compreender que fazemos parte do todo.

Anjo, um beijo!!!

Marlene disse...

VALERIA QUE LINDO O AMOR UNIVERSAL
INCONDISIONAL,ESPANDINDO-SE,PELO MUNDO PELA VIDA SEM FRONTEIRAS
UM BJ QUERIDA TENHA ÓTIMA SEMANA
MARLENE

AC disse...

O nosso rumo só pode ser mesmo esse.
Maravilha de post, Valéria!

Beijo :)

Anne Lieri disse...

Simplesmente uma oração maravilhosa de amor universal!Amei!Bjs,

Zil Mar disse...

Querida....só vc mesmo!!!!

Estou conhecendo agora....e vai de encontro ao que eu acredito e vivo...

bjos e linda semana!!!!


Zil

Livinha disse...

VCallerry,
Lindo, lindo, lindo minha amiga...
Belíssimo texto a nos conscientizar que somos o todo.
Particulas compondo o mundo, e que somos irmãos, herdeiros de tanta beleza, passando pra nós a perfeição...

Linda semana pra ti

Bjs

Livinha

Jortas disse...

Boa escolha.
O amor brota da mesma fonte, e nela nos unimos todos na construção da universal sentimento que nos torna únicos, apesar da fonte comum.

Élys disse...

Que linda essa meditação que você nos trouxe. Como faz bem!...
Beijos, querida amiga.

ONG ALERTA disse...

Todos deveriam fazer...incluir uns aos outros, beijo Lisette.

ValériaC disse...

Meus queridos(as) amigos(as), fico imensamente feliz por suas carinhosas palavras aqui deixadas e também por terem gostado do poema...realmente um momento de inspiração e muita Luz da Monja.

Amor, especialmente de forma incondicional é divino, ele engloba tudo o que é bom, a aceitação, o perdão, a compaixão, bondade, enfim, é um verdadeiro doar-se, uma grande integração entre todos... como é lindo amar a tudo e a todos, despidos de preconceitos, julgamentos... mas num amor verdadeiro, onde cada um faz parte de um todo.

Creio que este AMOR seja o que todos nós queremos para o Universo, então vamos amar...amar muito, semear amor por todos os lados, gerando uma bela mudança em nossas vidas e no mundo.

Meus queridos(as) tenham um semana abençoada e especialmente de muito Amor...beijinhos em seus corações...

Maria José disse...

Olá Valéria. Expandir o amor ao infinito. Ser suficientemente humilde para amar a todos e grande o suficiente para abraçar o universo. Linda mensagem. Beijos.

Carlos Varoli disse...

Oi querida, recebi seu lindo comentário instantaneamente, pois estava fazendo um resumo da lição nº 1 de Vinha de Luz para uma amiga.

Sua matéria "Amor" é lindíssima e traduz o principio da fraternidade.

Uma vez a muitos anos, na Federação Espírita de São Paulo, conduzi os médiuns do grupo Pasteur que eu dirigia, a um exercício de indução, mais ou menos como sua matéria; levando-os a uma viagem astral com vibrações de luz. Foi lindo.

Uma ótima semana a você, irmã querida.
Beijos,
Carlos espírita

José Vitor disse...

Olá! Dei uma lida mas não farei comentário, desculpe.

“PS. Tomei a liberdade de indicar seu blog para um selo que me foi atribuído, passa lá no “um caminho longe” e poderá se inteirar da situação! Obrigado desde já caso aceite!”

Jeanne disse...

concordo plenamente, este é o caminho, mas ainda estamos longe deste amor imenso. infelizmente.
Mas eu acredito muito, e por acreditar vou deixando sementinhas nos corações infantis lá na evangelização...
algumas vão germinar...
Beijos

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Valéria minha presença de Luz!!!

Voltei!!!
Depois de um tempinho com minha familia, estava com Saudades.
E quando volto que mensagem belíssima encontro?
Só poderia mesmo ser de seu espaço tão especial...

Que exercício MARAVILHOSO amiga!!!
Até salvei para imprimir e deixar na minha cabeceira de cama.

Parabéns....

Tem selinhos no blog para você, sintá-se á vontade para recebê-los, é de coração!!!

Um grande beijo em sua ALMA!

Denise disse...

Monja Cohen - sabedoria, sensibilidade e amor.

Lindo convite ela faz, embora ache que estamos ainda longe dessa conquista suprema.

Uma ótima noite de sonhos lindos, minha amiga doce.
Bjo

Mariana disse...

O amor é único, só q ele é sentido de várias formas, e isto o torna tão belo.

Vozes de Minha Alma disse...

Prezada Valéria
Este Amor que tão virtuosamente voce sabe dar e falar sobre, é o que mais quero e o que mais anseio.
Portanto, este post que voce publica, é valioso e Uno. Uno com nossas almas aliada à tua que conduziu tão bem e com maestria.
Um abraço afetuoso do teu leitor, bjs.

Calu disse...

Valéria,
estou encantada com a mensagem. Traduz em movimento toda singeleza de ser e viver na intensidade humana. Uma poesia em forma de oração.
Cheguei aqui pela Mariza e gostei demais.
Parabéns por teu belo e afetuoso espaço.
Bjinhos,
Calu

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Olá minha amiga!

O amor verdadeiro é universal e transformador e só seremos capazes de contemplá-lo quando pudermos reconhecer a presença de Deus em nossa vida... Pois Deus é Amor!


Parabéns pela postagem!

Um beijo de luz no seu coração


Deus seja contigo

Marcia disse...

Olá Valéria,
linda meditacao! Nós somos amor, nós somos luz, Deus habita em nós, só precisamos expandir.
Um grande beijo! (Estou tentando atualizando as minhas visitas, pois acredito que vc sabe estava de férias).

concelheiro virtual disse...

qui legal td isso que vc escreveu.entra no meu http://todosossegredosdoamor.blogspot.com/

Andréia B. Borba disse...

Querida, é sempre um prazer ler algo escrito pela Monja Cohen. Seu pensamento é fantástico e, quem dera, todos pudessemos seguir pelo menos um pouquinho aquilo que ela no ensina...
Bjs grandes e um excelente fim de semana!
Déia

marciagrega disse...

Isto é mesmo um sonho! Mas, um dia se tornará realidade!
Se damos amor, temos amor...É tão simples!
Beijos e bom domingo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails