quarta-feira, 23 de março de 2011

VAMOS REFLETIR SOBRE O AMOR? (de ValériaC)

Meus queridos, escrevi um poema no meu outro Blog http://dolcealgodao.blogspot.com/2011/03/o-amor-de-valeriac.html , cujo tema é o Amor, pois é um assunto de que gosto muito e que bem sabemos o tamanho de sua importância, especialmente se for incondicional, o qual é algo que venho buscando aplicar cada vez mais em minha vida.

Sempre fico cá com meus botões pensando na vida, no quanto muitas vezes “quebramos” a cabeça, quando não a cara, por conta de comportamentos que insistimos em manter em nosso dia-a-dia. Vemos que eles não produzem os efeitos que desejamos e então sempre que nos chega o momento de tomar uma atitude a respeito, acabamos fazendo tudo do mesmo jeito e nos equivocando sucessivamente.

Todos nós já amamos, e ao amarmos familiares e amigos, geralmente é mais simples do amor se manifestar, mas em se tratando de romance, aí a coisa complica.

Gosto de brincar de escrever, sem a menor pretensão de ser poetisa, tão pouco escritora, mas justamente por escrever, sei o quanto pode ser catártico exteriorizar de alguma forma as ideias, os sentimentos, porém, como o Amor não é somente assunto de poetas, mas sim de todos nós, quis propor esta reflexão. Entrando em contato com este tipo de leitura constantemente, acabo vendo uma riqueza de alma muito grande dos que escrevem, demonstrando seus sentimentos, sua visão da vida, mas muitas vezes confesso que fico bastante preocupada com o que leio, pois vejo o que cada um está cultivando dentro de si, alimentando abundantemente em suas vidas, como tristezas, mágoas, solidão, abandono, enfim, vários sentimentos que apesar de existirem, teríamos que tentar da melhor forma possível, eliminá-los de nossas vidas. Parafraseando Harvey Mackay: “Não regue suas ervas daninhas”, ou seja, não alimentemos em nós, sentimentos que não irão gerar algo benéfico.

No contato com estas leituras, que em grande parte estão muito bem escritas, acabo vendo o quanto, de certo modo, aprendemos que amar alguém é sinônimo de sofrer, de perder a cabeça, motivo para se gerar as mais diferentes ansiedades; envolver-se romanticamente mais parece uma saga, daquelas bem dramáticas.

Não pensem que nunca vivi um “drama” igual, afinal não sou imune, assim como acredito que a maioria de vocês também não o são. Recebemos algum carinho, companhia, nos sentimos valorizados e muitas vezes com medo de que isso tudo acabe, começamos a sentir desespero, aflição, [...]; isto quando o relacionamento não é dos piores, pois quando é, lá se vai toda e qualquer autoestima. E a tudo isso chamamos de Amor?

A duras penas despertei e descobri que Amor não é nada disso, não é apego, não é dependência, muito menos remédio para solidão, na verdade Amor que é Amor não causa dor, nem tão pouco qualquer sentimento ou emoção que nos seja ruim. Se nos sentimos assim, podemos estar vivendo uma mistura de sentimentos, fruto de um amar imperfeito. Porém, se ficarmos atentos, podemos mudar tudo isso, aperfeiçoando nosso modo de vivenciar o Amor.

De um lado há os que sofrem por estar com alguém, e do outro, os que estão sem ninguém, e estes últimos, acabam muitas vezes se envolvendo com qualquer pessoa, tudo para não encarar suas reais situações e por consequência acabam caindo numa teia de ilusões, que os levam a crer que o Amor é complicado, difícil. No que tange ao relacionamento humano, realmente estamos aprendendo a cada instante, mas, que ninguém ponha a culpa de seus tropeços no Amor verdadeiro.

O que fazer para combater tudo isso? Para mim há uma única resposta: aprender a AMAR !

Precisamos parar de confundir as coisas; paixão é um estado interessante, sim, mas não é Amor. O Amor não é apego, loucura, nem somente atração, tudo isso são sentimentos passageiros. Com o passar do tempo abrandam e o relacionamento somente sobrevive se enquanto isso, cultivarmos o Amor.

O Amor é leve, nele há cumplicidade, partilha, doação verdadeira, ele só traz alegria e tudo o que é bom de sentir no coração. Está na hora de amadurecermos e mudarmos a ideia que até então tínhamos do Amor.

Todos sabemos que atraímos o que emanamos, mas infelizmente não nos atentamos nisto, não é mesmo?

Pois então, o ideal seríamos cuidar de nós mesmos, de nosso interior, para nos sentirmos bem conosco, até mesmo com nossa solitude, buscando um estado emocional mais equilibrado, antes de efetivamente nos envolvermos com outra pessoa. Pois, com toda certeza, atrairemos para nossas vidas, uma energia igual a nossa. Pensemos a partir dai em como estamos, e veremos o que potencialmente podemos atrair [...]

Vamos definitivamente entender que o Amor pode ser o maior e o melhor dos sentimentos, trazendo em si a cura, o alento, à luz, o crescimento, a felicidade e que dentro de nossos corações há um manancial inesgotável dele, basta entramos em contato com isso e deixar que ele flua. Deixemos que norteie nossas vidas, amando a nós mesmos, a tudo e a todos e quando possível, vivendo um romance. E nos esforcemos em não reclamar se estivermos sós ou se não estivermos sendo correspondidos, não nos limitemos a amar uma ou poucas pessoas, vamos expandir esta energia, pois quando nos propomos simplesmente a amar, o amor sempre nos fará companhia, nos preencherá o coração.

Eu acredito no Amor e tudo tenho feito para aprender a amar melhor a cada dia. E vocês o que pensam sobre isto?

Amemos muito e incondicionalmente, pois, somente assim veremos o Amor se manifestar nas mais diferentes formas, em nossas vidas.

Texto de: ValériaC (em 22/03/2011)

Revisão: Danilo Carvalho

Imagem: http://images.google.com.br

27 comentários:

  1. Valéria ,foste brilhante mais uma vez ao expressar a amorosidade que todos devemos desenvolver cada vez mais em nossas vidas! Lindo! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Falar de amor, é um amor, escrever sobre o amor só quem tem amor e com esta afinidae é mesmo quem tem muito amor na alma, está intrinsico basta ler e interpretar um pouquinho, vc esteve...Um amor e com amor merece bjos, bjos e bjossssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Ai que bom ler isso, meu empurrãozinho valeu ou já tava no gatilho? rsss
    Maravilha de texto! Ontem eu ouvi uma definição sobre paixão que seria mais ou menos assim: A paixão é o que você reprimiu e projeta em outra pessoa, é como vc tivesse vendo em outra pessoa as qualidades ou atitudes que são suas mas que você não deixa que venham á tona
    Já o amor é como você disse, leve, prazeroso, sem cobranças, uma cumplicidade e uma troca que nos torna melhores como pessoa.
    Adorei ler o teu texto e que venham outros, pois não tem coisa melhor do que podermos trocar impressões
    Beijos pra ti com carinho amiga!

    ResponderExcluir
  4. ótimo texto Valéria! Nem todos entendem a essencia ao amor, por isso muitos confundem amor com sofrimento.

    ResponderExcluir
  5. Perfeito!
    Nem preciso comentar. Apenas que concordo exatamente com o que você diz em relação ao Amor.
    Parabéns pelo belo texto.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  6. oi Valéria,
    boa noite,

    concordo com você,
    amor que é amor de verdade só nos traz boas sensações,fica distante desse sofrimento e dessa angústia descrita por ai...

    amor é sublime,leve..
    amor é tudo...

    uma noite muito gostosa
    beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Valéria, você brilhantemente expôs uma situação que diz respeito a todos nós, pois somos humanos e temos sentimentos.
    Quanto a questão dos poetas e seus poemas, acredito que muito do que é escrito sejam frutos de sentimentos da alma, que talvez na escrita venham à tona...
    Mas acredito também, que quando escrevemos sobre o amor, dor, morte, vida, ou algo dentro do contexto social, talvez estejamos externando sentimentos de uma arte, que por dom ou por prazer, quer dar o seu recado.
    Sinceramente Valéria, acredito num Amor puro, e quando se trata de poetas e seus escritos, o bom seria que não se misturassem as estações...
    Mas existe o fator afinidade da alma poética, mas isso nada tem a ver com sofrimentos, e isto falo de mim...
    Repito: o ideal seria que não misturássemos o escrito com o escritor. Poema é uma coisa, poeta é ser humano com virtudes e defeitos.
    Mas em se tratando de Amor verdadeiro, tudo que você falou minha querida, é correto, é real e é louvável.
    E isto sim, é que deveria pautar nossos relacionamentos seja na internet, seja na vida real!
    O AMOR É FRATERNO, É BENIGNO, É VALOROSO, É AJUDADOR E É PIEDOSO!
    NÃO AGRIDE, NÃO AMARRA, NÃO MACHUCA, NÃO FAZ SOFRER, NÃO MAGOA!
    PAIXÃO É UMA PALHA QUE NO FOGO É CONSUMIDA!
    O AMOR É PLENO, É DURADOURO, E É AMIGO PARA TODOS OS MOMENTOS.
    Portanto minha amiga, nenhum texto seria mais oportuno do que este que leio.
    Parabéns pela ousadia, e continue sendo essa alma generosa, que a mim particularmente, tem todo respeito e admiração.
    Um abraço afetuoso, bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá amiga!
    ARRASOU!!!!!!!!!!!
    Falar de amor com tanta sabedoria,só quem vive o amor,sente,e se doa como vc.
    Parabéns!
    Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  10. Meus amores, grata por suas carinhosas presenças e palavras deixadas no meu recanto, todos vocês só enriquecem este espaço.

    Antonio, meu Poeta e amigo do coração, voce tem razão em dizer que temos que separar o que um poeta escreve de quem se é como pessoa.
    Já escrevi poemas bem tristes e as pessoas vinham ler e se preocupavam comigo. E na verdade, eu não estava vivendo aquela situação no momento, mas já havia vivido em um dado momento sim, e também observando o mundo em geral, tudo pode nos inspirar.
    Sei que muitos escritores, como voce, tem um talento imenso e podem escrever o tema que quiserem, independentemente do que vivem pessoalmente, mas vejo que muitos não são assim, e colocam mesmo todas as suas angustias, suas dores e suas almas literalmente choram em seus escritos, e é justamente nestes casos que fico preocupada com o que a pessoa está vivenciando. Pois na minha experiência sei o quanto pode ser danoso cultivarmos tanta dor assim.
    Assim como voce, amo poesia e tenho o maior apreço pelos poetas, não estou pedindo que deixem de criar o que eles fazem lindamente, das mais diferentes formas, mas que pensem em suas vidas com atenção, porque muitas doenças, muitas situações acometem as pessoas em função do que elas mais cultivam em seus pensamentos...e pode acreditar, quero que os poetas e todas as pessoas vivam e muito, que sejam o mais feliz que puderem.
    Meu carinho, minha gratidão a ti amigo...

    Beijinhos e lindo dia a todos...

    ResponderExcluir
  11. Valéria: Maravilhoso texto, tudo e mais alguma coisa se pode escrever sobre o amor, mas amar mesmo as vezes é um pouco complicado, não que eu tenha razões de queixa pois conheço a minha amada há 40 anos dos quais 36 de casado, vou visitar o teu outro blog.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  12. Valeria,uma grande filosofia mesmo!O amor não pode ser confundido com paixão,com casos momentaneos,com desenganos...ele é muito mais que isso!Muitas vezes escrevo em meu blog coisas que não estão se passando comigo,mas que observei em sentimentos de outras pessoas e compartilho,para gerar uma reflexão tb!Amei seu texto e já falei demais!...rsss...bjs,

    ResponderExcluir
  13. Grande Valéria, parabéns e muito obrigada por compartilhar conosco esta bela postagem.

    ResponderExcluir
  14. Valéria, minha amiga
    Você escreve de uma forma que nos encanta, seja poesia ou prosa.
    Este texto é brilhante, pois você o aborda com muita propriedade. Na realidade quando um poeta escreve nem sempre é um sentimento que ele está vivenciando e sim de alguma forma expondo algo que já viu ou captou.
    O amor realmente é algo que temos que aprender diariamente para não o confundirmos com sensações que é o que mais ocorre.
    Creio que tem razão em tudo que expõe, o amor tem que ser incondicional e devemos cada vez mais expandí-lo para as formas mais puras e belas.

    Creio que o amor verdadeiro é a amizade sublimada em toda a sua plenitude

    Beijos , minha amiga.

    ResponderExcluir
  15. Valéria amada,

    AMOR é o mais nobre dos sentimentos.
    Quando ele é verdadeiro, emana naturalmente das pessoas.
    Agradeço muito ao Universo pois amo e sou amada, mas é aquele Amor livre, leve e solto.
    Sem cobranças e apegos é a coisa mais Maravilhosa do Mundo.
    Mas devo isto a mim e ao meu marido, pois nossas Energias vibram na mesma freqüência e portanto vivemos nesta harmonia.
    E como uma apaixonada que sou, suas palavras sempre despertam sentimentos Lindos em meu Ser.

    Um grande beijo em seu coração!!!

    ResponderExcluir
  16. Verdadeiro, aprendi que o amor simplesmente acontece e nunca deixa nosso coraçáo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  17. Concordo, Valéria, mas infelizmente estamos aqui para aprender a amar, inclusive este amor a que te referes, o amor romântico. poucos estão amadurecidos suficientemente para alcançar o amor como deve ser, o amor pleno. Sempre digo para as meninas, enquanto o principe não chega, vai conhecendo os sapos mesmo,rsrs
    Acho que preciso de várias encarnações para chegar lá,rsrs
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  18. Oi amiga querida; o amor é tudo no universo, e como fazemos parte deste "todo", também é tudo para nós.
    Tenha um doce final de semana.

    Beijos,

    Carlos espírita

    ResponderExcluir
  19. Valéria, que beleza! Claro que é preciso amar de verdade para falar do amor de uma forma tão verdadeira e bela!
    Vou "roubar" um pedacinho... Não resisto!
    Bjs da amiga,
    Maria Luiza

    ResponderExcluir
  20. Amar é sentir-se livre. Se se sente preso a alguém ou quer aprisionar alguém, naturalmente deixa de ser Amor.
    Ainda somos apegados às pessoas, queremos a posse como se um ser humano fosse algo material.
    Estamos aqui é para aprender a amar, de fato. todos chegaremos lá, não importa o caminho escolhido. Mas que cada um assuma a escolha.

    Meu Anjo, lindo texto. Sabes escrever muito bem.

    Um beijo, Coração!

    ResponderExcluir
  21. Concordo com tudo isso, Valéria. Infelizmente muita gente confunde amor com outros sentimentos, inclusive, uma solução para a sua solidão. Para mim, a parte do seu texto que mais idenfifica o verdadeiro amor é: "O Amor é leve, nele há cumplicidade, partilha, doação verdadeira, ele só traz alegria e tudo o que é bom de sentir no coração. Está na hora de amadurecermos e mudarmos a ideia que até então tínhamos do Amor." Beijos e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  22. Minha querida, concordo em tudo com você.
    Aprender amar é muito difícil e encontrar quem sabe amar também, mas com tempo e paciência é possível.
    Um apaixonante final de semana!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Olá Valéria

    Ótimo post, o amor simplesmente é amor, infelismente quando amamos muitas vezes misturamos outros sentimentos "tóxicos" à relação. Colocamos nossas expectativas e frustrações nas pessoas que amamos e esquecemos que quem deve lidar com nossos sentimentos somos nós mesmos, quem deve filtrar e purificar os sentimentos que se misturam com o amor somos nós mesmos. As dificuldades aparecem em nossas vidas para que possamos aprender com elas e sermos pessoas melhores.

    Paz

    ResponderExcluir
  24. VALERIA QUE LINDO TEXTO AMIGA
    PARABENS POR ESTE BLOG TÃO LINDO POR SUAS POST,QUE NOS ENCANTAM,NOS
    ALEGRAM E ANIMAM A CONTINUAR NOSSA CAMINHADA,VOCE,É LUZ E ENERGIA POSITIVA EM NOSSO,VIVER TERRENO
    UM GRANDE ABRAÇO COM CARINHO MARLENE

    ResponderExcluir
  25. Passando para desejar um ótimo domingo...o texto é lindo e o blog também....adorei o novo visual...bj

    ResponderExcluir
  26. Anjinhos... meu amor e gratidão a todos voces que deixaram suas palavras e perfumaram meu recanto com suas presenças...beijinhos...

    ResponderExcluir
  27. Valzinha, eu já li esse texto várias vezes e toda vez que leio que me emociono muito. Vc sabe que eu sou chorona, mas tem coisas que pegam no nosso coraçãozinho, né?!!!! Seu jeito de escrever atingi sempre o meu, seja pelos seus textos, ou por e-mail.

    Amor que é amor traz consigo só coisas boas, como compreensão, liberdade, carinho e outras coisinhas mais, eu costumo dizer que se dói é porque a pessoa está amando torto e amor torto num é verdadeiro.

    Eu não sei viver sem amar, sem me doar amiga. E isso só traz coisas lindas pra minha vida, um exemplo disso vc vai ter se pegar um espelho e olhar :) é uma das maiores preciosidades que carrego no meu coração com todo amor do mundo!!!!!

    beijokitas minha doçura. Vc é incrível.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails