quinta-feira, 16 de junho de 2011

A DECISÃO

Charles Chaplin não foi somente um grande comediante, criativo, que nos legou peças raras do cinema.

Soube legar mensagens de piedade, de compaixão, mesmo numa época em que o cinema ainda era mudo.

Servindo-se da possibilidade que detinha, criou o personagem "Carlitos", doce, ingênuo e trapalhão, tudo ao mesmo tempo.

Contudo, com um detalhe indiscutível: uma imensa capacidade de amar.

Sabendo tecer críticas sem se tornar agressivo, Charles Chaplin legou ao mundo um acervo considerável de peças cinematográficas, até hoje vistas e revistas.

Mas, não somente fez cinema. Como ser humano, desde cedo, sofreu muito, vivenciando na infância a dor da orfandade paterna e a doença mental de sua mãe.

Triunfando, apesar de todas as adversidades, ele escreveu belas páginas, e uma delas fala exatamente em como superar os obstáculos da vida. Chama-se: a decisão, e diz assim:

"Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer, antes que o relógio marque meia-noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje."

Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição.

Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria, ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.

Posso sentir tédio com as tarefas da casa ou agradecer a Deus por ter um teto para morar.

Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar.

O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser.

E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende de mim.

Você já parou para pensar em como pode decidir pela sua felicidade ou infelicidade, a cada dia?

Já se deu conta de que tudo depende da forma como você encara o que acontece?

Há tantos momentos na sua vida, que você desperdiça, e passa na inutilidade ou na reclamação.

Momentos que podem se transformar em aflições ou em alegrias.

Num momento você pode resolver vencer ou se entregar à derrota; libertar-se das velhas fórmulas de queixas ou prosseguir acabrunhado e triste.

Lembre-se: a cada segundo você pode decidir o momento seguinte. Por isso, resolva-se pela escolha da melhor parte, porque este é o seu momento de decisão.

Autor: Equipe de Redação do Momento Espírita, a partir de mensagem de autoria atribuída a Charles Chaplin, denominada "A decisão" e do livro Momentos de decisão, de Divaldo Franco

Imagem: http://images.google.com.br

21 comentários:

  1. Valéria, Charles Chaplin, além de ter sido um grande comediante, também conhecia muito sobre a vida, nos deixou muitas mensagens para serem refletidas.
    O que é bom, é para ser lembrado...
    Ótima postagem!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. LIndo,Valéria.Temos as escolhas e o poder de decidir.Temos que estar atentos nesse momento. O resultado é nosso... beijos,chica e um dia bem legal!

    ResponderExcluir
  3. Ele já falava da co-criação.
    Somos 100% responsáveis pelas escolhas que fazemos, e reclamar depois não adianta.
    Beijinhos Valéria

    ResponderExcluir
  4. Oi Valéria!
    Que texto lindo e reflexivo!
    Somos o senhor de nosso destino e cada dia podemos fazer dele um tijolo para uma bela construção.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia amiga.
    Decisões... A vida apesar de curta em face à eternidade é bendita escola para a evolução do espírito.
    Deus na sua infinita bondade nos concedeu o livre arbítrio para podemos escolher o que fazer, aonde ir e como agir para com o nosso próximo e com nós mesmos.
    Que possamos amadurecer cada vez mais para os motivos da reencarnação baseados nos ensinos de Jesus.
    Valéria querida, que você tenha um lindo dia.
    Beijos,
    Carlos espírita

    ResponderExcluir
  6. Uma bela página, pois cada isntante da vida é um momento de decisão. Temos que aprender a decidir...
    Minha amiga querida, Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida Valéria
    "Sabendo tecer críticas sem se tornar agressivo"...
    Que bênção!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  8. Valeria,como ficou linda essa msg!Chaplin foi mesmo um ser humano especial!Bjs,

    ResponderExcluir
  9. Valéria amada,

    Temos o poder de decidir que tipo de vida queremos levar.
    Vivermos reclamando de tudo ou abençoando, vai do interior de cada um.
    A vida é tão bela para perdermos tempo com coisas pequenas, que as grandiosas acabam passando sem darmos conta.
    Chaplin sempre foi um Ser Especial, que mesmo na época em que viveu, sua visão da vida e principalmente suas palavras ultrapassaram o tempo.
    Lindo amiga!
    Um enooooorme beijo em seu coração!!!

    ResponderExcluir
  10. E que possamos decidir sempre pelo melhor pra nós
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Valéria

    Perfeito texto. A escolha é nossa, mas muitas vezes ela nos foge do controle e precisamos repensar sempre.
    Obrigada por compartilhar.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde amiga
    Lindo texto!
    Adorei mesmo!
    Amiga tem selinhos para voce que é minha seguidora á sua espera no meu cantinho, quando poder va lá pegar.
    tenha um lindo final de semana coberto de muitas lindas surpresas.
    Abraço amigo
    maria Alice

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto, Valéria!
    Que escolhas realizamos mesmo? Sempre bom ponderarmos o próximo passo.

    Um beijo, Coração!

    ResponderExcluir
  14. Lindo texto, Valéria!
    Que escolhas realizamos mesmo? Sempre bom ponderarmos o próximo passo.

    Um beijo, Coração!

    ResponderExcluir
  15. Chaplin era um gênio, Valéria. Um talento raro. E ainda tinha essa visão de vida, a consciência desperta para o sentido de que tudo depende de nós. Bela postagem. Beijos e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  16. Valeria,passando para reler sua excelente msg e agradecer seu carinho!Bjs,

    ResponderExcluir
  17. Valéria, terminando de ler este texto magnífico, sabe o que penso?
    Penso que todas essas lições de vida, deveriam ser matéria nas escolas públicas...
    Aliás, deveriam ser obrigatórias!
    Quem sabe se assim fosse, o mundo, e principalmente o Brasil não estaria melhor, moralmente, socialmente, com mentes brilhantes e com seMENTES amadurecidas para um crescimento espiritual, humano e fraterno dentro da bem aventurança!
    Todas as vezes que aqui venho, saio na certeza de que a vida me concedeu uma chance a mais para tentar melhorar em algo. É isso amiga! Parabéns!
    Um fraterno e afetuoso abraço a ti, e longa vida.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Somos responsaveis por nossas escolhas, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  19. Oiee!!
    É um despertar para um novo recomeçar este tantos outros de Chaplin...
    Bjkss no ♥ e bom fds!!

    ResponderExcluir
  20. Amiga, há um selinho lá no Arca para você. Chama-se "ESSE BLOG MERECE UM OSCAR" e está em Mimos 2011. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Adoro as msgs de Charles Chaplin!

    Obrigada por trazer pra cá.

    Beijossss

    Boa semana

    Fique com DEUS :)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails