domingo, 12 de junho de 2011

PARDAIS E PESSOAS (de ValériaC)

E há quem não goste de pardais...

Como pode alguém não gostar deles e acha-los feios, simples, de cores monótonas e que vivem a espantar outras espécies, nas grandes cidades.

É lamentável vermos um ser vivente vendo “feiura” num outro ser vivente.

Estamos nos pássaros, em tudo e em todos, assim como cada ser, cada átomo faz parte de nós. Literalmente, somos interligados.

Sou “apaixonada” pela natureza como um todo e a amo tanto que tudo nela aos meus olhos são de uma beleza impar.

Cada espécie de animal, inseto, plantas, enfim, toda a diversidade que há, bem como os seres humanos, tem o seu encanto especial, assim como tem sua “utilidade”, no melhor sentido da palavra; isto porque quem nos criou, fez a tudo e a todos de modo que tudo no Universo seja o mais funcional possível, não somente no intuito de tudo fluir bem, sermos bem sucedidos como espécies, mas de sermos felizes também, claro que cada um a seu próprio modo.

Talvez vocês duvidem de mim e possam me perguntar se consigo achar um urubu bonito. E lhes asseguro que os acho maravilhosos, são seres que fazem um trabalho espetacular no Planeta, portanto para mim, são graciosos e especiais, merecem gratidão e respeito por parte de todos.

Temos que parar de julgar, seja o que for, seja quem for, essa energia não é construtiva; padrões de certo ou errado, bonito ou feio, comparações baseadas na dualidade, sejam de que forma forem, nunca são “verdadeiras”. Temos que nos exercitar na empatia, no respeito e no amor, sentindo gratidão e alegria por ser quem somos, por cada ser existente, cada criação do Universo ser quem são e todos estarmos onde estamos, nesta Planeta Azul, que chamamos de Terra, nossa mãe Gaia, tendo o privilégio de estarmos experienciando a vida, tendo a oportunidade de evoluir mais a cada dia, pertença ao reino da natureza que for: vegetal, mineral, animal/ hominal.

Então, para quem costuma achar pardais(e pessoas também) sem graça, da próxima vez que os avistar, lembremos que cada ser, por mais simplicidade que aparente, tem sua beleza, sua “sabedoria” e utilidade na natureza, somos todos partículas do mesmo Criador e que se nos lembrarmos disto, saberemos que amar o outro, a natureza e a si mesmo é comtemplar e amar profundamente quem nos criou.

Texto de: ValériaC (em 10/06/11)

Revisão: Danilo Carvalho

Imagem: http://images.google.com.br

24 comentários:

  1. Olá amiga querida!
    Que texto nobre,e com uma grande lição!
    Foi muito bom estar aqui e ler essa mensagem,obrigada pela partilha.
    Um beijo no seu coração e ótimo domingo para vc e toda a sua familia.
    Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  2. Oi Valéria!
    É verdade!
    Nem tudo é completamente feio, nem completamente bonito, a perfeição não existe, o que existe de belo é o que temos a oferecer.

    Beijão e um lindo domingo cheio de amor!

    ResponderExcluir
  3. Valéria, este texto para mim é como um complemento do anterior, pois abre nosso entendimento para que saibamos que tudo no universo é UNO com o TODO.
    Portanto, tanto os pardais como os demais seres tem sua importância neste vasto universo.
    Um fraterno abraço, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Sabe Valéria, toda e qualquer beleza, está embutida no amor.
    Amando não vemos o feio, vemos vida, a nos sorrir altaneira, ensaiando canto, mostrando a beleza, enfeitando o momento de cor.
    Feio que não se extingue, semprre nos ares, em seu silvo simples, mas não nos falta, nas horas mais triste, lá estão, doces pardais manifestando seu amor, sem querer ser especiais...

    Feliz dia pra ti minha querida
    e
    uma semana repleta de muito amor...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa lição nesse teu belíssimo texto,Valéria! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Valéria,

    Os animais são, para nós, exemplo em tudo. Porém, ignorantes e cruéis como somos, infelizmente nunca paramos para aprender suas lições. Antes, os matamos.

    Desejo-lhe um ótimo fim de domingo e uma semana abençoada.

    Deus seja contigo.
    Abraços!

    Wilson

    ResponderExcluir
  7. Estou divulgando o novo blog espírita: http://renascerdoutrinaespirita.blogspot.com
    É a nova casa onde estarei recebendo os amigos. Infelizmente o blog Doutrina Espírita foi invadido por hackers e mesmo depois de eliminar tudo, deixando apenas o espaço para postagem, continua dando mensagem de vírus. Assim, não foi possível sequer deixar um recadinho para explicar aos amigos e redirecionar para o novo link.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Valerinha
    Doce Filosofia! Quem somos nós, pobres mortais, para batermos o martelo e decidirmos por quem é mais belo, mais correto, mais normal? A gente tem que parar de brincar de Deus. Belo texto, minha flor.
    Bjkas e uma semana linda pra você!

    ResponderExcluir
  9. Oi Val, esse texto ficou perfeito, e que todos possam apreciar as belezas da vida com os olhos do coração, esse sim vê tudo com sabedoria e amor!
    Beijos de boa semana pra você!

    ResponderExcluir
  10. Val,uma msg edificante e transformadora!Lindos os pardais e vc tb!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  11. Val,uma msg edificante e transformadora!Lindos os pardais e vc tb!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  12. Gosto de pardais, assim como gosto de todos os pássaros!
    Devemos respeitar todos os seres viventes!
    Uma semana de paz!

    ResponderExcluir
  13. Olá querida Valéria,faz um bom tempo que não me comunico, talvez nem mesmo me reconheça, mas sou a Daniela do blog espirita nosso lar, não estou mais com aquele blog por motivo de estar sem internete por um período longo,mas agora estou de volta com este blog novo, tentando recuperar o tempo que perdi, que Jesus nosso irmão maior possa continuar te iluminando, grd beijo em seu coração...

    ResponderExcluir
  14. Oi, Valéria!
    Este não pude deixar de comentar.
    Sempre pensei assim: como pode o ser humano desprezar um animal qualquer, que é um ser vivente da criação divina? Eu sempre observei as pessoas desprezando os pardais e as pombas, citando-os como maléficos ou desprezíveis; fico sempre triste com este fato, pois costumo observar todos os animais, cada um com seu colorido, sua vida, suas características; e todos são vidas, vivem, buscam, querem viver, e fazem parte da criação... são lindos!!! Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Valéria!
    Dê uma passadinha em meu blog, tem um selinho para você!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Venho convidar-lhe para o meu post do dia 15 onde participamos um número considerável na BCFV em que debateremos a JUVENTUDE...
    Participe vc também!!!
    Seja sempre muito bem vindo(a)!!!
    Bjs de paz
    http://espiritual-idade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Valéria, continue escrevendo, tuas abordagens sempre ficam mais interessantes e realistas, transmitem mais veracidade, mais vida do que as andam circulando na internet.
    Imagina que já ouvi dizer que poodles e samambaias estão fora de moda, são brega,rsrs
    Claro que fiquei indignada, desde quando um ser vido fica fora de moda?
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. O animal selvagem que nos olha, esquivo; o animal que nos acompanha no dia a dia e que, dizemos, "só lhe falta falar", são para nós bênçãos de Deus e companheiros de jornada na evolução.Um grande abraço fraterno!!!

    ResponderExcluir
  19. Valéria,a dizer que em certas cidades italianas são eles o principal cartão postal(praça São Marco em Veneza por ex.),mas de uns tempos pra cá alguns prefeitos têm proibído(com decreto de lei) aos turistas de darem pedacinhos de pão ou outro alimento a eles...
    Tudo a ver com essa sua reflexão!
    Grande abraço amiga e bom dia!

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Valéria!!

    Que lição maravilhosa!!!Num belo texto!! Eu os acho lindo, tem muitos por aqui, e os urubus também!!E são enormes!!Como não se impressionar e admirar a diversidade da nossa natureza? É uma beleza em casa ave, em cada planta!!O pior cego é aquele que não quer ver!
    Beijos pra ti querida!!

    ResponderExcluir
  21. Belíssimo, acho-os lindos,tanto q todas as mnhãs antes de sair para o tbalho alimento os pássaros no quintal, enquanto espero o carro fico ali,alimentando meus olhos e meu prazer,são muiiiitos pardais,boa idéia com sempre merece bjos, bjos e bjossssss

    ResponderExcluir
  22. Minha amiga
    O meu computador teve um problema e tive que mandar consertar, por isso não vim aqui ler este seu texto maravilhoso.
    Saiba que eu gostaria muito de tê-lo escrito, sem tirar uma virgula.
    Perfeito!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  23. Minha amiga
    O meu computador teve um problema e tive que mandar consertar, por isso não vim aqui ler este seu texto maravilhoso.
    Saiba que eu gostaria muito de tê-lo escrito, sem tirar uma virgula.
    Perfeito!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  24. Sou apaixonada por pardais desde pequenina! Criei uma que ficou comigo 1 ano e 8 meses. Me faz muita falta...e espero que tenha encontrado seu lugarzinho na Natureza. Saudade é tanta q montei um blog com fotos dela! Adorei seu texto!
    Sempre digo q se houvesse uma outra vida e eu pudesse escolher o que gostaria de ser...eu escolheria ser um pardal!!! São lindos e sabem o que é viver.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails