segunda-feira, 25 de julho de 2011

BANDA LARGA E MENTE ESTREITA

Toda banda larga é inútil, se a mente for estreita.

Eis a ideia veiculada numa determinada campanha publicitária nacional, que toca numa temática bastante interessante.

Nos tempos de desenvolvimento tecnológico incessante e revolucionário; nos tempos da velocidade da informação, e da conectividade em tempo real com o mundo todo, é necessário pensar.

Pensar se tudo isso, realmente, está sendo utilizado em favor do desenvolvimento humano, ou é apenas mais uma distração criada pela alma imatura do homem terreno.

Sim, pois, se pouco ou nada nos acrescenta como Espíritos, no que diz respeito ao nosso progresso moral, ao nosso melhor comportamento, de que nos adianta?

De que nos adianta ter a facilidade no acesso à informação, se não sabemos o que fazer com ela?

De que adianta ficar sabendo de tantas e tantas coisas, se não sabemos selecionar o que eu quero e o que eu não quero para mim?

Toda banda larga é inútil, se a mente for estreita.

A mente estreita é esta que se perde em meio a tantas possibilidades, sem saber para onde ir.

Naufragam ao invés de navegarem na Web.

Gastam seu tempo querendo saber da vida dos outros, do que aconteceu aqui ou ali, inaugurando apenas uma nova forma de voyeurismo e fofoca - apenas isso.

A mente estreita lê, mas não pensa sobre o que leu, não emite opinião, apenas aceita...

A mente estreita prefere o contato virtual, dos perfis raramente sinceros, do que a conversa olho no olho, sem barreiras, sem máscaras.

A tecnologia está à nossa disposição para nos ajudar. É o conhecimento intelectual engendrando o progresso moral, propiciando o adiantamento do ser humano, e não sua destruição.

A chamada informação nunca foi tão fácil e farta, é certo, mas será ela, por si só, suficiente?

O que mudou em nós, seres humanos, as agilidades tecnológicas da nova era? Tornamo-nos melhores? Mais caridosos? Mais dispostos a nos vermos todos na Terra como irmãos?

Talvez para alguns sim, os de mente larga e coração amplo.

Tantas comunidades do bem na rede, tantas propostas nobres ligando pessoas em todo o mundo!

Inúmeras mensagens de consolo, de esclarecimento, diariamente cruzam os ares virtuais da internet, e levam carinho e alegria a muitos lares infelizes.

São muitos os exemplos de como os avanços intelectuais podem ser bem utilizados em favor do desenvolvimento humano.

Sejamos nós estes de mente larga, que querem e trabalham pelo bem comum, das mais diferentes formas possíveis, e que se utilizam de mais este instrumento, para viver o amor.

O Universo é a condensação do amor de Deus, e somente através do amor poderá ser sentido, enquanto pela inteligência será compreendido.

Conhecimento e sentimento unindo-se, harmonizam-se na sabedoria que é a conquista superior que o ser humano deverá alcançar.

Busquemos a plenitude intelecto-moral, conforme tão bem acentua o nobre Codificador do Espiritismo, Allan Kardec.

Redação do Momento Espírita com citações do cap. Desenvolvimento científico, do livro Dias gloriosos, do Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco

Imagem: http://images.google.com.br

26 comentários:

Rô... disse...

oi Valeria,

verdade,
se soubermos usar todos os instrumentos
para tocarmos uma harmoniosa
melodia,
cujo tema principal é o bem e o amor,
é a certeza de sucesso,
e de melhoria nesse nosso mundo...

beijinhos

Jorge (Nectan) disse...

Ter um instrumento é uma coisa, saber usar pode ser bem diferente.

Lindo texto, Anjo!!!!

Um beijo!!!

Misturação - Ana Karla disse...

É uma boa reflexão.
em tudo que vemos temos que absorver.
Boa semana
Xeros

Élys disse...

Um texto perfeito, maravilhoso.
Beijos.
Tenha uma bonita semana.

Valéria disse...

Oi Valéria!
A velocidade das informações com ou sem conteúdo nos levam a necessidade de selecionar muito bem o que é benéfico ou não. Quanto conteúdo besta,não?

Beijão e boa semana!

Jeanne Geyer disse...

mais do que nunca precisamos de muito critério e bom senso para separar o que nos serve neste emaranhado de informações diárias, e principalmente não perder o foco que deve ser o aprimoramento pessoal sempre!
Beijos

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee!!!
Val.....saber usar com sabedoria a tecnologia a nosso favor e para auxiliar os outros.
Bjss ♥ e linda semana!!

Sônia Silvino disse...

Minha irmã diria...: "Matou a pau!"
Disse tuuuudo, amiga linda!
Beijos meus!

♫*Isa Mar disse...

É amiga, e o que mais vemos são fofocas ou voyeurismo como diz no teu texto, são o que mais rendem acessos.
Gostei muito do título, banda larga e mente estreita, muito original e verdadeiro.
Que cada um saiba selecionar bem qual o conteúdo que introduz em suas mentes, pois são eles que formam o nosso proceder e os acontecimentos ao nosso redor, tudo é atração.
Beijos e uma excelente semana pra ti!

Pris Benedetti disse...

Olá minha querida!
A internet é um instrumento e cabe a nós a saber o quer ler e o que guardar pra gente.
Pena é saber que as pessoas não estão sabendo se beneficiar de um instrumento de informação e fica apenas na diversão.
Amei o texto.
Uma linda semana pra ti.
Beijinhos

Lena disse...

Valérinha, menina do sorriso lindo
Adorei o texto. E essa tecologia louca, onde o tempo é assassinado a cada minuto, nos faz refletir até que ponto isso é bom realmente. Acho que precisamos parar de dar prioridade ao URGENTE, e cuidar mais do Essencial e do Necessário. Tenho certeza de que nós viveríamos com mais qualidade de vida!!!
Bjkas com carinho!

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

Adorei o texto! bjssss

Denise disse...

O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!

✿ chica disse...

inda mensagem e reflexão,Valéria! um beijo,tudo de bom,chica

Dalila disse...

Bom dia, quero dizer que amei sua página...
A tecnologia hoje chega tão rápida em nossas vidas que, muitas vezes não temos tempo nem de pensar, raciocinar se o que estamos fazendo está certo ou errado...

espero que possa me fazer uma visitinha tbm
www.jejp.blogspot.com
A Felicidade Começa em Mim...
um bj, e que a paz do mestre esteja contigo

Vivian disse...

Olá,Valeria!!

Adorei a fluidez do texto!!
Devemos refletir com tudo, conhecimento parado é como se fosse lixo...não serve para nada a não ser atrair coisas ruins!
bela partilha querida!!
Procuro viver assim, nem sempre é fácil, as vezes tropeçamos, mas vale à pena buscar ser melhor hoje (nem que seja um pouquinho), do que fomos ontem...
Beijos!!

Trevle 22 disse...

Olá valéria, vc lembra de mim?
Eu sou do trevle-22.blogspot.com
Aqui é o Arthur!
Eu queria receber o teu e-mail para nós nos comunicarmos
Abraços!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Em primeiro lugar, agradecendo, com carinho, os votos bons de um feliz níver:

"A felicidade

É como a gota de orvalho"...

Foi um dia abençoado e feliz!!!

Minha flor, que post maravilhoso!!!
Mente aberta e banda larga seria o ideal...
Bjs ainda festivos

Anne Lieri disse...

Valeria,sempre uma temática bem reflexiva em seu blog!Se pensarmos bem,a internet afasta as pessoas do convivio social nos fazendo meros seres virtuais,avatares cibernéticos!...rsss...um excelente alerta!Bjs,

marciagrega disse...

Amiga, já fiz para os três blogs.
Espero que goste. Se não gostar não use, tá?
Eu te mandei em anexo pelo email, mas se quiser visualizar eles estão no meu blog de Mimos e Homenagens
http://mimosehomenagens.blogspot.com/

Beijão

Evanir disse...

Nada é impossil.
Na força da possibilidade
Encontra na vontade
O predominio da tenacidade.
E mais mais resistente e insitente
Do que a simples coragem
Para empreender (A VIAGEM)
Minha cola de hoje.
Foi feita pela minha amada
e muito querida (Eloah).
E ESSA FORÇA RECEBIDA.
É ESSE AMOR SEM MEDIDAS
QUE ME DA FORÇA PARA SEGUIR
A JORNADA DA MINHA VIDA
UM FINAL DE SEMANA NA LUZ
E NA PAZ DE JESUS.
BJS.NO CORAÇÃO.EVANIR.

Livinha disse...

Valéria,

Belíssima postagem!
Mentes abertas, mentes atentas, outras estreitas, vulgares, sem beiras nem eiras...
Uma faca de dois gume.

Sabemos de antemão, que o permitido que nos chega perantes as leis em questão, penso que não seja somente para a busca cultural, o aprendizado o crescimento moral, mas para oportunizar tbém como admoestação um caminho para interação social, como a exemplo do externo, anda tão difícil acontecer, porque a sociedade a vista, descrimina pelas aparências.
Doravante sobressalto que não é pra qualquer um estar aqui, como evidencio propriamente as crianças, quando elas precisam crescer tanto ao prazer de um corpo físico em seu desenvolvimento, como a não deixa-la adentrar caminhos obscuro, que lhes rouba a inocência...
É tão complicado minha amiga. De fato o virtual que seja para pessoas maduras que buscam um caminho para preencer sua solidão e aprender mais no sentido de fazer parte do mundo a tornar ciente do que ocorre no mundo...

Assunto para um longo discurso minha amiga.
Bravo!

Bjs

Livinha

Maria disse...

Amiga Valéria excelente reflexão.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

ArcadoAutoConhecimento disse...

Valéria, minha querida. Esse texto é perfeito. Estamos vivendo uma época em que somos continuamente atropelados pela quantidade de informação disponível a um clic. É preciso ter o bom senso de selecionar o que nos é importante para o nosso desenvolvimento como Espíritos encarnados. Beijos e ótimo fds.

Nectan Selos disse...

Valéria

tem um selinho prá você no meu blog selos-mimos.blogspot.com te aguardando, tá bom?

Beijo!

Alma Aprendiz disse...

Olá AMIGA!!!!!!!
Que saudades!
Nossa,quanta verdade e grande lição que nos traz esse texto!
Que Deus continue lhe iluminando!
Beijosssssssss

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails