quarta-feira, 24 de agosto de 2011

DIANTE DA FRAGILIDADE DA VIDA ( de ValériaC)

A todo momento ficamos sabendo de pessoas que recebem o diagnóstico de alguma doença grave, de difícil cura e com certeza, descobrir-se numa situação destas, que traz risco de morte deve ser um “choque” para qualquer um.

Bem sabemos que a única certeza que temos da vida é que iremos morrer(fisicamente), mas deparar-se com a possibilidade de que seja breve, geralmente leva a pessoa a pensar muito em sua própria vida.

Diante disso, fica ou deveria ficar claro o quanto é importante vivermos o momento presente, do quanto é valoroso investirmos em nosso interior, no quanto vale a pena desenvolvermos virtudes, nos tornando um ser humano melhor, mas quase sempre pouco nos lembramos disso na correria que “impomos” em nossas vidas. Sim, impomos, porque tudo o que vivemos e fazemos são escolhas nossas as quais de uma forma ou de outra acabamos por aceitar.

E diante da fragilidade da vida, ao ser surpreendido por uma situação assim, começa-se a dar conta do que realmente é importante na vida. Percebe-se que desperdiçou tempo demais atrás de coisas que podia-se viver sem e/ou o quanto de drama colocou-se em banalidades.

As doenças ou situações “graves” que podem ocorrer na vida das pessoas não vêm para punir, mas como algo a mais para despertar para o essencial da vida, para que sejam mudados padrões mentais, emocionais e espirituais. Tanto que em muitos casos, quando a pessoa se trata e ao mesmo tempo transforma-se interiormente ela obtem cura mesmo quando acometida por graves doenças.

É...isto é algo a mais para estarmos refletindo... não vamos deixar a vida trazer algo drástico em nossas vidas para que nos conscientizemos do que nos é essencial de verdade, impregnemos nossas vidas com boas energias, neutralizemos as “ruins”, trazendo equilíbrio nos seus vários setores, para que desta forma passemos, não sem problema algum, mas que superemos o que tivermos que enfrentar e vivamos com mais leveza e alegria. Porque fomos feitos para ser felizes e somos nós quem temos que fazer isso acontecer, apesar de tudo o que nos cerca.

Texto de: ValériaC

Imagem: daqui

25 comentários:

✿ chica disse...

Lindo demais e tão verdadeiro.Precisamos enfrentar tudo e saber que temos que continuar sempre...Ando com problemas da minha mãe que me deixam um pouco cinza, pois vê-la assim é danado.Mas por outro lado, a vida segue... Temos que saber conviver, sem nos prejudicar.O tal d equilíbrio novamente em cena,rs beijos,chica

Valéria disse...

Oi Valéria!

Lindo seu texto e infelizmente a pura verdade! Viver em busca do essencial para viver bem, pois podemos não estar aqui amanhã. Claro que tantos estão vivendo uma situação assim, mas lendo seu texto pensei em Gianechini, tão jovem, bonito e no auge de uma carreira que veio construindo há tempos e agora que atingiu o sucesso, acontece este problema sério de saúde.
Devemos sempre refletir sobre isso!

Beijos!

marciagrega disse...

Eu nunca ouvi falar de tanta doença como agora...INFELIZMENTE!!!

Lena disse...

Oi, garota do sorriso mais lindo que conheço
Como vc descreveu esse tema com tanta propriedade, a fragilidade de nossas vidas! Fiquei tb impressionada com a notícia da doença do Gianechinni. Nem sou fã dele, apesar de achá-lo um homem muito bonito e talentoso. Mas é triste, no auge da profissão, jovem, ter sua vida, muito provavelmente, roubada, haja vista,que seu câncer foi diagnosticado como um dos mais agressivos.Viver o presente com alegria e dignidade, com fé e tendo Deus presente em nossos corações. Isso é o que importa. Você, mais uma vez, está certíssima. Adoro vir aqui ler seus textos. São tranquilos,bem escritos, sem complexidades, e me tocam sempre, muito profundamente. Beijokas de carinho e de admiração!

Élys disse...

É asssim, mesmo como você tão bem explanou.

Não tenho dúvida nenhuma que possuimos uma grande sintonia e que isso, certamente vem de longe e fiquei muito feliz quando disse que adorou o meu texto sobre a espiritualidade.
Gosto muito de tudo que você escreve.
Acho maravilhoso acreditar que as pessoas se reencontram nesta vida e por motivos vários nas mais diferentes situações.
Que tenha dias, muito lindos.
Beijos.

claudiaymarques disse...

Valerinha estamos em conecção pois o texto no mue blog que você comentou complementa um pouquinho da sua linda mensagem...Que oque valer na vida é o amor..
Verdade acredito que quando se recebe uma noticia dessa na vida,que se esta com uma doença grave..a vida fica toda remexida e com certeza o valor de coisas que nem percebiamos vem a tona..
Por isso como você disse vamos viver a vida com a alegria e agradecer a Deus pela saude..
muitos beijos..
titi

♫*Isa Mar disse...

Com certeza Val, a vida nos desperta das mais variadas maneiras, então façamos o que estiver ao nosso alcance para que nosso despertar não seja de forma drástica e sim harmoniosa.
Geralmente pessoas inflexíveis se vêem as voltas com situações difíceis e dolorosas, justamente para que aprendam a lidar com as coisas de uma forma mais maleável.
Na maioria das vezes as doenças surgem em nosso caminho como forma de expurgar as energias estagnadas, pois sempre nesse período passamos a refletir mais sobre a vida e dar mais valor as pequenas coisas.
Maravilhoso texto para nossa reflexão.
Beijos pra ti com carinho!

Anne Lieri disse...

Valeria,sua filosofia é maravilhosa!Quanto a aprender por aqui!A vida é mesmo breve e precisamos valorizar cada segundo!Linda msg!Bjs,

Anne Lieri disse...

Valeria,sua filosofia é maravilhosa!Quanto a aprender por aqui!A vida é mesmo breve e precisamos valorizar cada segundo!Linda msg!Bjs,

Rô... disse...

oi Va,

você está certíssima,
temos que tentar viver a nossa vida apesar das suas fragilidades, da melhor maneira possível,
a recompensa é a felicidade...
e vamos em frente!!!

beijinhos

Vera Lúcia disse...

Valéria querida,
Muitas verdades em seu texto.
De fato, não devemos esperar ser surpreendidos pela dor para procurar nossa transformação.
Sabemos que tudo que recebemos chega de acordo com as nossas necessidades.
E também sabemos que não precisamos necessariamente da dor para aprender e evoluir.
No dia a dia, andamos muito distraídos com a parte material da vida e deixamos para segundo plano
o que é verdadeiramente importante.
É preciso que estejamos preparados
sempre a fim de que possamos enfrentar os desafios da vida com coragem e fé.
Beijos.

ONG ALERTA disse...

Fragilidade da vida...perfeito amiga mas com estas tuas lindas palavras aprendemos que para viver é preciso morrer, beijo no coraçáo,Lisette.

Simone butterfly disse...

Menina que espetáculo de blog! Amei os post, tem bom gosto!

Vivian disse...

Nossa Valéria!!!

Perfeito seu texto! Também penso assim, pra quê esperarmos ser "sacudidos"pela vida para aprender a dar valor ao que realmente é importante!!!
Na verdade, estando doentes ou não, não sabemos quanto tempo permaneceremos por aqui...o dia pra aproveitar, aprender, agradecer, amar é HOJE!!!!
Beijos pra ti amiga!!!!Lindo seu texto!!!

Marlene disse...

lindo seu texto Valéria,vim agradecer sua visita e deparo com este belo texto para para uma reflexão de como estamos nos comportando perante a vida e nossas resoluções,
não devemos deixar para amanhã o que
se pode fazer hoje porque não sabemos se vai hav er amanhã,,agradecer sempre viver com alegria com amor
este deve ser nosso lema embora nem sempre se consiga agir assim,bjs marlene

Denise disse...

Valéria, nos fabricamos a doença ou o bem-estar, através de nossos pensamentos. A ciência ainda não entendeu a amplitude de nosso cérebro e as suas possibilidades. Pensamento é energia, q bem direcionada, pode levar à cura. Muita paz!

Denise disse...

Valéria, como vc fez para colocar imagem na barra de endereço? Já tentei, mas não consigo. Obrigada

Minhas Pinturas disse...

Concordo com voce em pontos e virgulas, o importante é ser feliz no aqui e agora, pois aí certamente o futuro será o resultado dessas escolhas.
Obrigada pela visita a meu blog e pelas palavras.
Muitos beijos,
Léah

Sônia Silvino disse...

É preciso!!! Mas nem sempre conseguimos. Mas vamos tentando sempre!
Beijos, querida!!!!!!!!

Malu disse...

As fragilidades são inerentes a nós.
Aparecem quando menos esperamos mas também nos faz saber que somos mais fortes do que imaginávamos.
Lindo seu texto.
Um grande abraço

Rodrigo disse...

Gostei muito do seu blog. Com efeito, aprendemos muito com essas lições de vida. Comunico, outrossim, que já estou fazendo parte de sua lista de seguidores (leia amigos). Da mesma forma, caso queira conhecer meu blog e fazer parte da minha lista, vou deixar aqui o endereço:

http://santuariointerior.blogspot.com/

Votos de paz e felicidade.
RODRIGO FREITAS

Valquíria disse...

*..♥..♠..♦..♣..◘..♦..♥..☺..♣..♠..♦*

Salmos 55:22 Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado.

Deixando um abraço de paz e um convite a visitar o http://hanukkalado.blogspot.com/

semana de bençãos a ti e tua família.

*..♥..♠..♦..♣..◘..♦..♥..☺..♣..♠..♦*

Maria disse...

Que mensagem linda e verdadeira. Passamos pela vida tão a correr que não damos valor às pequenas, grandes coisas que a vida nos vai oferecendo e só realmente quando algo de grave surge é que começamos a dar o devido valor.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Jeanne Geyer disse...

cada vez mais aproveitar o dia, o momento que no final é a única coisa concreta que existe, portanto que consigamos torná-lo o mais leve e belo possível...
Beijos

Wilson e Sanzinha disse...

Bom dia, Valéria!

Lindo o seu texto e recheado de verdades!
Não tenho medo da morte, nunca tive... mas tb não desperdiço minha vida pensando nela. =)
Adorei a mensagem!

Muito obrigada por nos alegrar com sua presença em nosso novo blog, ficamos muito felizes!

Que seu dia seja lindo e que você tenha uma ótima semana!

Beijo grande!

San

Ps: Hoje é aniversário do Wilson, passa por lá! ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails