quarta-feira, 10 de agosto de 2011

SOU PELA VIDA E PELO EQUILÍBRIO...( de ValériaC)

Sei que vou tocar num assunto delicado, corro o risco de não ser bem interpretada, mas vou tentar, pois só quem vive uma situação problemática de perto sabe como pode ser realmente.

Quem me conhece sabe do amor que sinto pela Natureza e por todos os seres que a compõe. Sabem que sou apaixonada por animais, todos eles, sem distinção. E hoje vou estar falando de uma bela ave: os Pombos.

São divinos, lindos, adoro vê-los voando em bandos pelo céu, eles transmitem um sentimento de calma e paz muito grandes.

Infelizmente, por seu habitat natural estar sendo invadido cada vez mais pelos homens, vieram viver na cidade nos telhados das casas mais altas e prédios, mas o lamentável é que com esta mudança, trouxeram alguns problemas, pois junto com eles vieram os piolhos, toda a sujeira que eles acabam fazendo nos telhados e quintais, além do perigo de transmitirem várias doenças graves ao homem por via respiratória.

Sou muito paciente e ao lado da minha casa há uma outra ainda em construção e nela os pombos encontraram o refúgio perfeito para viver. Claro que eu não podia se quer estender uma roupa no varal, que logo estaria suja. E ainda brincava, porque achava incrível ver que a minha cachorrinha, não faz suas necessidades no quintal, faz na grama do jardim, mas tinha que constantemente lavar o chão por conta da sujeira que os pombos faziam.

Sou radicalmente contra a que matem qualquer ser vivente e nem com todos os transtornos que os pombos causaram pela vizinhança, jamais veria como solução eliminá-los. Sou pela Vida e pelo equilíbrio. A Policia Ambiental foi acionada e disse que nada poderia fazer pois, se há pombos é porque há quem os alimente e infelizmente a fiscalização não é suficiente.

Sei o quanto pode ser bonita e romântica a nossa ideia de alimentarmos os pombos nas praças ou mesmo em nossas casas, mas é algo sério, porque traz em si, um grande desequilíbrio na natureza, uma vez que há poucos predadores naturais e com a alimentação abundante e fácil, eles procriam em demasia. Quem trata de animais assim, acha que está fazendo um grande bem, mas não faz ideia do transtorno que pode estar causando a tantos outros.

Tivemos que lavar todo o telhado com lavadora de alta pressão e instalar telas nos vãos dos telhados para que não pudessem ficar ali, fazendo sujeira e barulho, além de evitar que procriem. Agora a pouco, vi uma outra vizinha mais para cima de casa, colocando as tais telinhas também, afinal tem crianças pequenas e tem que tomar cuidado.

Em muito o problema foi amenizado, mas ainda continua e assim vai persistir enquanto tiver quem os alimente. Se vocês conhecerem alguém que o faça, explique para a pessoa os problemas que podem ocorrer ao alimentarmos os pombos.

A natureza não pede por pena, pede por respeito, por responsabilidade e consciência.

Antes de agirmos movidos por dó ou até por carinho tratando de pombos e rolinhas, vamos nos lembrar que estamos interferindo em mais algo para desequilibramos a natureza. Eles sabem instintivamente cuidar de si, não precisam ser “cuidados” desta forma pelas pessoas. Se não provocarmos desequilíbrios, ao invés deles serem vistos como problemas, continuarão enfeitando o céu, sendo muito admirados por toda a beleza que possuem.

Texto de: ValériaC

Revisão: Matheus Carvalho

Imagem: daqui

22 comentários:

✿ chica disse...

Que coisa mais tão bem pensada e escrita,Valéria.ADOREI...RESPEITO À NATUREZA É PRECISO E ESSE CASO ´IMPORTANTE DE SER OBSERVADO. BEIJOS,CHICA

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Quando criança, minha casa grande era cheia de pombos e ninguém de nós teve nenhum tipo de problema, graças a Deus mas meu papai sofreu terrivelmente de asma... até os 40 anos dele...
Bjm de paz

Rô... disse...

oi Valeria,

a natureza tem que ser preservada,
e a saúde de todos também,
os pombos merecem muita atenção,
a transmissão de doenças é comprovada...

beijinhos querida

Sônia Silvino disse...

É difícil acabar com a alimentação, pois as pessoas gostam quando eles se aproximam nos parques etc.
Sei que é errado, mas confesso que dá uma peninha...
Beijocas!

Jeanne Geyer disse...

também tenho profundo respeito por todos os seres da criação, infelizmente muitas situações incômodas criaram-se pela ocupação desordenada da natureza pelo homem e agora começamos a nos defrontar com os problemas e conviver com eles...
beijos

♫*Isa Mar disse...

Oi Val, excelente teu texto e essa conscientização tem que ser feita mesmo.
Aqui onde moro não venço limpar a calçada e os pombos tem feito um grande estrago em várias casas também.
A natureza é bela sim, mas temos que ser responsáveis e saber que o habitat dessas lindas aves não é em locais residenciais onde podem oferecer risco á população em geral.
No centro da cidade nos terminais de ônibus, a infestação de pombos é dramática e muitos estão com seus pezinhos deformados, pois transitam nas ruas e praças sendo mutilados por carrinhos de pipoca e outros que passam por cima deles.
Fiquei observando o quanto as pessoas os alimentam e muitos morrem também engasgados com milhos de pipocas, salgadinhos e até chicletes que catam do chão.
Que possamos todos nos unir em prol da preservação da natureza.
Beijos e lindo dia pra ti!

Valéria disse...

Oi Valéria!

Tenho dó deles, coitados!
Mas é verdade você tem toda a razão!
Há pouco tempo,como moro no 25º andar, apareceu um casal de pombos branquinho, lindos, mas foi enxotado pelo pessoal da administração do condominio, eu morri de pena, mas sei da preocupação deles, poderíamos ter rapidamente um monte de pombos e iria complicar.
Texto bem oportuno sempre!

Beijos!

Anne Lieri disse...

Valeria,vc tem toda razão!Não é culpa dos pombos se invadimos seu espaço,mas alimenta-los realmente não vai ajudar em nada,só complicar mais ainda a situação deles que perdem o instinto animal tb!Belo texto!Bjs,

Anne Lieri disse...

Valeria,vc tem toda razão!Não é culpa dos pombos se invadimos seu espaço,mas alimenta-los realmente não vai ajudar em nada,só complicar mais ainda a situação deles que perdem o instinto animal tb!Belo texto!Bjs,

Anne Lieri disse...

Valeria,vc tem toda razão!Não é culpa dos pombos se invadimos seu espaço,mas alimenta-los realmente não vai ajudar em nada,só complicar mais ainda a situação deles que perdem o instinto animal tb!Belo texto!Bjs,

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Valéria flor querida,

Compreendo perfeitamente seu manifesto.
Já assisti muitas reportagens sobre as doenças que os pombos podem transmitir para o ser humano.
Mas não é culpa deles, como você bem disse...acabaram com seu habitat natural.
Hoje em dia o que mais estamos vendo são os animais selvagens se aproximando das cidades, depois todos reclamam...mas quem está invadindo seus espaços é o homem.
Falta muita conscientização da Humanidade.

Grande desabafo querida.
Beijos grande em seu coração!!!

Antônio Lídio Gomes disse...

Valéria, antes de mais nada, é preciso entender que fomos e somos nós os maiores predadores do meio ambiente.
Somos nós que devastamos as florestas, e não sei se você conhece aqui na zona norte de São Paulo, a Serra da Cantareira sendo destruída aos pouco e tomada por construções irregulares, poluindo, contaminando e emporcalhando todo o ecossistema, tornando a vida nesses locais, verdadeiros lixos por falta de planejamento, desmando, e falta de conciência da maior parte da população,(vide os córregos nesses entornos, e os "lixões").
Os pombos não tem conciência, nem a inteligência que tem o ser humano.
Eles são tão vítimas quanto são aqueles que amam e querem preservar a natureza.
Porém te compreendo perfeitamente, pois teu coração é sincero e dotado de amor para com ela.
O assunto gera polêmica, no entanto, não dá para convivermos juntos aos leões em seu habitat, ou juntos aos ratos com seus filhotes na sala de estar, não é mesmo?
Por isso há que cuidarmos do nosso espaço, nem que para isso acabe gerando sacrifícios.
Um abraço afetuoso amiga querida, um beijo em teu coração.

Lena disse...

Valéria,
Como em tudo que tem a ver com o meio ambiente, há de se achar o equilíbrio. Não podemos exterminar a espécie, apesar de todas as doenças que eles trazem pra nós. A solução é arrumar medidas paliativas pra que os dois lados não saiam perdendo!!!
Bjkas, vc é uma fofo, querida, linda!!!!

Vivian disse...

Olá,Valeria!!

Ficou maravilhoso seu texto!!Não tem como ser mal interpretada, esta muito bem explicado, e tudo com muita educação e respeito!
é um problema sério, a maioria das pessoas não pensa nas consequências de seus atos... e interferir com a natureza resulta em acontecimento nada agradáveis!!
Beijos minha querida!!!

ONG ALERTA disse...

Nem sempre é como deveria a natureza é sábia, mas...pode atrapalhar, beijo Lisette.

Denise disse...

Valéria, tb amo a natureza e concordo com vc. Tudo e todos tem o seu lugar. Mas é como vc diz, os homens vem invadindo o espaço dos animais e assim acabamos colhendo os frutos de nossas ações. Há pouco assisti uma matéria na tv q mostrava macacos invadindo residências e roubando comida. É necessário q o homem reflita sobre as suas ações em relação ao meio ambiente. Muita paz!

Su disse...

Valéria, seu texto é bem esclarecedor e concordo que precisamos mesmo conter essa situação, não alimentá-los da forma como vem sendo feito, já seria um grande passo. Precisamos mesmo é de uma campanha alertando as pessoas sobre as doenças que os pombos transmitem. Aqui mesmo na minha cidade, estou cansada de ver crianças alimentando as centenas de pombos na praça central. Eu sempre que vejo alerto os pais, uns olham feio, outros agradecem e assim vou fazendo a minha parte...

Beijos e um ótimo domingo!

Su.

Maria disse...

Amiga Valéria excelente texto. Tentar encontrar uma forma de equilibrio entre a natureza e o homem seria o ideal, mas nem sempre é fácil. Aqui em lisboa também há muitos pombos, mas bem menos do que havia à uns anos atrás, foi proibido em certos sitios dar de comer aos pombos e ouvi dizer que as camaras municipais que os alimentam, colocam algo nas rações para controlar a população de pombos.
Hoje vim especialmente também para agradecer o seu carinho por ter comemorado comigo o aniversário do meu paizinho, deixando a sua preciosa mensagem.
“Se planta uma semente de amizade, recolherá um ramo de felicidade (Lois L. Kaufman)”
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

ValériaC disse...

Oi meus anjinhos de amigos(as), quero agradecer de coração suas visitas e palavras deixadas por aqui, refletindo juntos sobre situações que afetam a todos nós, nos mostrando a responsabilidade em cuidarmos mais de nosso Planeta, minimizando ao máximo as interferências nele feitas, tendo o cuidado e evitarmos desequilíbrios em cada ação que nele fazemos.

Bem vindos novos seguidores, estarei em breve os visitando, sintam-se em casa.

Não fiz um post especial para o dia dos Pais, mas quero deixar registrado aqui o meu carinho a cada um de vocês que são pais, a todos os pais de vocês meus amigos(as), aos paizinhos que já se foram, aos de perto e de longe e também às mães que exercem também o papel de pai na vida de seus filhos.
Parabéns papais pelo seu dia!!! Vou indo ver o meu e dar meu abraço pessoalmente...

Bom domingo a todos...voltando, começarei a colocar as visitas em seus Blogs em dia... beijinhos...

007BONDeblog disse...

Valéria

Bom dia

Parabéns por tocar em tema tão delicado, visto que ele mexe com o nosso sentimento de respeito pela natureza, a vida dos "pombos" e a necessária precaução com a nossa saúde.

Nós os "racionais" e detentores da capacidade de "fazer", agindo com inteligência, é que temos de dar uma resposta aos desequil[ibrios que ocorrem no ambiente. Se os pombos estão em lugar indevido, se lhes falta "espaço", assim como aos pássaros tipo pardal e rolinha, bem-te-vi e andorinhas, é por termos colocado muito cimento no local onde vivemos.

Pagamos o preço da nossa falta de limites em relação ao que é natural.

Grande abraço, em especial aos Pais em seu DIA.

Livinha disse...

Teus pensamentos são sóbrios Valeria de beleza impar, o que a natureza agradece, porque quem assim pensa, mostra que a compreende.
Belo texto minha amiga.

Os sentidos são instrumentos
de sintonia em Jesus
se as notas forem cantigas,
nosso semblante é de luz...


Um brinde a todos os pais do mundo estejam eles na terra ou num espaço sagrado,
a eles, a eterna gratidão, por serem assim tão amados...



Linda semana pra ti

Bjs

Livinha

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee!!
Val de maneira alguma foi mal interpretada, muito pelo contrário, foi muito esclarecedor.
Somos seres racionais, as pombas não!
Bom senso e respeito é tudo de bom sempre, né??
Linda semana pra vc!!
Bjs♥Paz!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails