quinta-feira, 10 de novembro de 2011

APOIO (de ValériaC)

Toda vez que nos apoiamos no outro, seja pais, familiares, parceiro(a), filho, [...] e não em nós mesmos, cedo ou tarde teremos sérios problemas.

A vida pede que trabalhemos em nós, que nos aceitemos, nos validemos, ela quer “ver” progressos efetivos em nós, porém quando deixamos de fazer a nossa parte e o nosso melhor nas diversas situações e áreas de nossas vidas e ficamos esperando suporte ou ficamos dependentes do amor, da dedicação, enfim, quando colocamos muito de nossas vidas e problemas nas mãos dos outros, a vida acaba nos tirando este “apoio” para que aprendamos a ser nós mesmos o nosso maior apoio.

Temos que estar atentos a isso, pois faz parte compartilharmos e aprendermos uns com os outros, trocando amor, carinho, amizade, experiências, mas temos que aprender a ser o nosso maior amigo e apoio, pois se assim não fizermos, podemos desabar, caso nos falte apoio exterior.

Temos que aprender a nos apoiar e caminhar com nossas próprias pernas, é extremante positivo e gratificante. Pensemos seriamente nisto!

Texto de : ValériaC

Imagem: daqui

38 comentários:

  1. Valéria
    Uma grande verdade a ser praticada.
    Eu diria que o tombo pode ser grande e a dor também, qdo caminhamos com as pernas alheias.
    O Pai nos deu a oportunidade de crescimento individual para que o Todo se manifeste.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Val, eu também penso assim, todas as vezes que me apoiei e coloquei expectativas nos outros me decepcionei muito, e ainda hoje as vezes me esqueço e faço isso, mas estou deixando cada vez mais de lado.
    Como você disse tão bem, faz parte compartilharmos, trocarmos experiências, mas o nosso caminhar tem que ser apoiado somente em nós, em nossa força e coragem, pois ninguém poderá fazer por nós áquilo que é de nossa responsabilidade.
    Somos nossos melhores amigos e estamos conosco 24 horas por dia, então nada melhor do que aprendermos a nos conhecer cada vez mais e investirmos em nossa força interior.
    Beijos pra ti, minha irmã de alma e coração!

    ResponderExcluir
  3. Temos que ser nós mesmos, não Valéria?!
    Bom dia
    Xeros

    ResponderExcluir
  4. Temos que ser nós mesmos, não Valéria?!
    Bom dia
    Xeros

    ResponderExcluir
  5. Ó eu aqui, meu anjo!!!
    Vc sabe que eu acho que exatamente por isso que amadureci um pouco precoce amiga. Tive que enfrentar muitas coisas, medos entre outros sozinha e isso me fez mais forte.
    Ontem eu fui fazer punção (pra ver o que tem nesse bendito cisto) e menina eu tremi na base, estava sozinha e minha mãe sempre disse que isso doía, eu tremia, o médico disse que eu fiquei branca a hora que ele falou que eu ía fazer naquela hora . Só que descobrimos uma força lá dentro que nem sabíamos que tínhamos e eu tenho uma verdade cá dentro de mim: onde quer que eu vá eu carrego todos aqueles que amo e que me amam, ou seja esse sozinha é entre aspas!

    Te amo florzinha branca do meu coração de melão, beijokitas recheadas de carinho.

    ResponderExcluir
  6. Uma grande verdade essa. E temos que caminhar por nós mesmos, tentando ajudar os que nos rodeiam...beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. Precisamos sempre buscar aprender para não depender, pois quando existe a dependência se for tirada a base que a sustenta a pessoa cai.
    Beijos minha querida.

    ResponderExcluir
  8. Concordo com você! A vida não é brincadeira! Não viemos a passeio, não! Cada um de nós temos uma dose de responsabilidade pelo nosso crescimento interior e por saber olhar e colaborar com o outro!
    Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  9. Oi Valéria!
    É a pura verdade!
    A nossa força deve vir de dentro, primeiro em nós para termos base para a convivência equilibrada com o outro. O crescimento interior passa pela independência que adquirimos ao longo da vida, validando a nossa vida.
    Beijinhos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  10. Olá... comecei a ler o seu Blog e fui indo, fui indo e cá estou pra dizer que está um capricho de idéias e pensamentos...parabéns!
    Passa lá em casa quando der ...
    Um abraço,
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  11. É como esperar q o outro nos faça feliz. Nós somos responsáveis pelos nossos sentimentos. Devemos procurar a felicidade dentro de nós, assim como a ligação com nosso eu interior. Autoconhecimento, auto-amor, auto-perdão, são importantes para nosso progresso espiritual e q só nós mesmos podemos conquistar. Muita paz!

    ResponderExcluir
  12. Olá Valéria. Bom dia! Grande verdades menina. Temos que nos apoiiar com nossas próprias pernas. Lindo amiga seu post! Desejo um lindo dia e ótimo fim de semana com paz e luz. Bjos com carinho e obrigada sempre!!!

    ResponderExcluir
  13. Val, profunda sua msg e grande verdade!Confesso que eu liberto todos esses apegos, não fico chocando...rss...mas dentro de mim,sinto saudade e sou apegada,sim!Para refletir e tentar mudar!Adorei!Bjs,

    ResponderExcluir
  14. Valéria, penso nisso e acato tua mensagem em meu coração.
    Preciso dessas palavras, e elas me ajudaram.
    Um fraterno e afetuoso abraço.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Lindo!!! Agindo assim, conseguiremos dar um passo a mais no degrau de nosso aprendizado!!!

    Bjs e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  16. Concordo. Ninguém pode realizar a nossa trajetória. É o nosso caminho, nossas escolhas.

    Minha amiga, um excelente fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  17. Valéria,
    Abraço carinhoso e bom final de semana pra você e seus caros aí!
    É por isso que desde pequeninos tenho juntamente com meu marido procurado dar autonomia e independência aos nossos filhos, a fim de que eles possam crescer por eles mesmos,mas com a nossa orientação!

    ResponderExcluir
  18. Lembrete mais que precioso, Valéria.
    A vida em comum( em família) não inviabiliza a importância de sermos autônomos emocionais e de preferência sociais tbém. Porém o fator mais necessário passa pelos sentimentos de exagerada dependência afetiva,o que pode sufocar os objetos do afeto e nos paralisar as atitudes.
    Amar com desapego é uma benção.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  19. Olá Valéria, esse texto é lindo e pura verdade!
    Uma boa palavra será sempre bem vinda, mas o apoio os passos, tem que vir de dentro de nós mesmos e com confiança de que somos capazes!

    Um final de semana de muita paz!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Olá Valéria,
    É melhor que aprendamos isso por bem, pois aprender com a vida ensinando é bem mais difícil. Por isso entendo que os pais devem preparar seus filhos para caminharem sozinhos, com mais independência, para não sofrerem demais.
    Temos responsabilidades que nos cabem na vida e que ninguém fará por nós, pois é compromisso nosso. Então, melhor mesmo é contarmos conosco e aceitar apoio e sugestão, quando necessitarmos.
    Tenha um ótimo domingo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Amiga Valeria: Peço desculpa mas perdi os meus blogues agora já criei dois, que são Silenciodeumser.blogspot.com e o outro é Nossasenhoradomartirio.blogspot.com lindo post eu gostei imenso.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  22. Olá,Valéria!!

    Lindo pensamento minha amiga!!E é fundamental que assim seja, senão como crescer espiritualmente???
    Façamos a nossa parte!
    beijos pra ti!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  23. Olá Valéria

    Sempre um encanto poder te aplaudir diante dos teus belos e tão verdadeiros textos

    Sabe minha amiga, isto é um treino, por isto nunca devemos fazer as vezes do outro que se encontra dependente, sem forças para lutr, mas incentivar, auxiliar para que avante ele siga mais corajoso e disposto por buscar soluções para os atropelos futuros...
    Só é possível aprender, trabalhando, sem isto nada somos...

    feliz semana pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  24. Valéria minha flor querida,

    Espero que tenhas passado um Maravilhoso feriado ao lado de sua família.
    Que texto verdadeiro, não adianta brigar com a vida, quanto mais fazemos isto, ela sábiamente nos manda sua lição.....a escolha é somente nossa, aprendermos com inteligência ou aprendermos pela dor.
    Quando não damos valor para as nossas capacidades e verdades, estamos indo contra nossa natureza.
    E como você comentou na mensagem, nossa vida deve ser compartilhada entre todas as pessoas que fazem parte da nossa vida, e assim todas as experiências, trocas e aprendizados serão o grande alicerce para o nosso desenvolvimento.
    Parabéns minha irmã, um belo e profundo tema.

    Um grande beijo em sua Alma!!!

    ResponderExcluir
  25. Valerinha vim a pé mais cheguei amiga..
    com a mudança no auge é isso..só confusão..rsss...linda a mensagem..temos que realmente procurar andar com nossos pés,muitas vezes fazemos as pessoas de amoletas..
    Valeria espero que esteja bem na paz ..beijos para vc e tudo de bom para sua familia
    claudia

    ResponderExcluir
  26. Sabe amiga Valéria nunca fico sozinha em casa...fujo da solidão...sempre dou um jeitinho de ter alguém comigo...hoje me marido está trabalhando até tarde e eu estava nesse momento reclamando e agora lendo sua mensagem, refleti o quanto é importante eu gostar da minha companhia...bjo grande de saudades no seu coração! Eli.

    ResponderExcluir
  27. Sim, tudo isso é extremamente importante. Forte auto-estima.

    Passei também pra te deixar um beijo com muito carinho e bem docinho...beijinhos...

    ResponderExcluir
  28. Olá Valéria,
    Um texto verdadeiro. Muitas vezes evitamos o espelho, "esquivando" de um encontro, talvez o mais amigo.Uma ótima tarde, um abraço.

    ResponderExcluir
  29. Valeria

    tem um desafio no meu blog te esperando, tá bom?
    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  30. E, além disso, não culparmos os outros pelos nossos "estragos". rs
    Beijos, linda!

    ResponderExcluir
  31. Oi, Valéria!

    E ainda tem os que entregam tudo nas mãos de Deus por inépcia, inércia ou ignorância e vão seguindo sem procurar crescimento por conta própria. Adorei a reflexão (pra variar,rsrs) Grande abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  32. Olá,querida
    A auto estima nos dá o equilíbrio perfeito...
    Bjm de paz e ótimo Domingo

    ResponderExcluir
  33. Bom dia, Valéria. Gostei muito do pensamento, e em especial quando escreveu que a vida "TIRA" DE NÓS o apoio. Deixarmos as pessoas viverem por nós a nossa vida, acaba num determinado instante em que sentimos que a nossa vida não mais nos pertence.É estranho, porém verdadeiro.
    Também acho que é bom termos a iniciativa dentro de nós, a fim de que o progresso em nós, em qualquer área ocorra de uma forma natural, e procurada por nós, ainda que com lutas, pois sempre a teremos.
    Um beijo grande, e uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  34. Muitos pais com sua mania super protetora, impedem que os filhos amadureçam e sigam sua vida com um indivíduo independente. Estes filhos serão sempre dependentes de alguém, pois, não aprenderam a resolver seus problemas sozinhos.
    Infelizmente é assim em muitos lares ainda...

    Beijos e, boa semana!

    ResponderExcluir
  35. Sim! uma grannnnnde verdade! Nada de muletas! A vida sempre vai nos levar e pra frente! bjs flor e uma maravilhosa semana pra vc!

    ResponderExcluir
  36. Oi, minha querida! pensei que não estivesse atualizando no link o post, mas é que voce deu uma sumidinha mesmo.
    Está tudo bem? passei pra te deixar um beijo!

    ResponderExcluir
  37. Olá maravilhosa amiga de muito tempo, fiquei longe da net por muitos meses, e agora volto aos poucos a visitar meu amigos, logo que vim do Japão fiquei fora do ar, por tudo que aconteceu, amiga estou de volta e vim te abraçar, com muitas saudades.
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails