segunda-feira, 30 de abril de 2012

PENSAMENTOS MEUS, NUM DIA DE CHUVA... (de ValériaC)


E nesta manhã chuvosa fiquei divagando em como viver com equilíbrio e alegria, fui respirando o ar cheio de frescor, tentando imaginar a alegria das plantas sendo docemente tocadas, nutridas, o cheiro bom de terra molhada,  o encanto dos passarinhos sem medo de se molhar, caçando bichinhos, buscando a sobrevivência de cada dia, saboreando a liberdade contida no bater de suas asas e esta inspiradora chuva me fez  pensar nas flores dos campos delicadamente molhadas, na vida que brota, fervilha, nos verdes pastos e junto a isso, pensamentos meus brotavam tal qual semente saindo da escuridão da terra a emergir na luz do dia e agora, os compartilho com vocês...

Ser livre não é poder ser libertino. Ter liberdade está intimamente ligado ao respeito a si mesmo e aos demais. Ser livre implica em  caminhar de mãos dadas com a nossa responsabilidade.

Sentir paz não é sentir apatia, portanto ela pode ser sentida apesar do que nos rodeia. Tudo é questão de foco e sintonia, com  o  modo como percebemos e lidamos com tudo o que vivemos. É um estado de espírito a ser muito exercitado por todos, para que seja em algum nível atingido. Quanto menos ansiedade, quanto mais amadurecimento psíquico-emocional-espiritual alcançamos, mais conseguimos aplicar  na pratica o que aprendemos, consequentemente mais equilíbrio e paz em nós, trazemos, pois aprendemos a ir além do que esteja no nosso exterior e entramos em contato com o nosso interior.

Sentir alegria não é sentir euforia. As pessoas geralmente  se equivocam ao acreditarem que para viver intensamente a vida têm que viver o exagero, acham que precisam rir, beber ou fazer extravagâncias  para sentirem-se  realmente vivas e felizes e quando não estão vivendo assim, acham tudo  muita sem graça e  quase sempre ficam  a oscilar entre os extremos: a euforia e a tristeza/apatia. Penso que para que nos sentirmos felizes, não precisamos de excessos, para sentir alegria há de ser buscada  a justa medida, para senti-la de forma suave e mais constante em nossas vidas, creio que está muito ligado a apreciarmos a simplicidade de tudo e todos,   a olharmos mais os milagres diários  com os nossos olhos do coração, é deixarmos nosso espírito em sua suavidade  comandar mais o nosso ser, ao invés do ego, da mente.

Sentir amor  não é sentir louca paixão, muito menos perder-se ou sofrer. Amor é um sentimento  ligado ao doar-se.  Recebermos este sentimento será pura consequência de nosso doar, por isso ao doa-lo não fiquemos esperando nada em troca, isso pode ser frustrante.
Na medida que aprendermos a viver na incondicionalidade do amor, melhor nos sentiremos, muito mais amaremos e sempre amados, mais esta energia se expandirá e trará os mais belos reflexos em nós e no mundo.

Que essa chuva que cai lá fora, lave os telhados, nutra as plantas, limpe o ar e também lave nossa alma, nos deixe leves, brotando de nossos corações, muita alegria e amor!

Texto de: ValériaC 
Imagem: daqui

45 comentários:

  1. Valeria, eu adoro andar na chuva, é como eu tivesse lavando a alma, fico mais leve, lindo texto, tanta coisa para aprender na nossa caminhada, e na realidade tudo tão simples.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amei ler sua postagem !
    Precisamos curtir o momento da forma que ele se apresenta, porque tudo passa rapidamente. Ontem aqui o dia foi cinzento mas aconchegante
    família reunida...
    Hoje está um dia azul, radiante e frio, lindo de viver... E assim vamos vivendo felizes.
    Abraços! Uma semana abençoada e feliz pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Oi Valéria, como me fez bem ler o teu post...sempre que o dia está cinzento, fico meio depressiva. Amo o sol!! Mas temos que aceitar a natureza como ela é, e viver um dia de cada vez da melhor maneira possível, pois todos os dias são especiais!

    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  4. Lindo,Valéria e que assim seja pra todos nós eque tenhas uma linda semana
    Mensagem de quem sabe o que diz essa tua!
    beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. [...]Que essa chuva que cai lá fora, lave os telhados, nutra as plantas, limpe o ar e também lave nossa alma, nos deixe leves, brotando de nossos corações, muita alegria e amor!

    Hoje, aqui, está um dia chuvoso, essa poesia define bem o dia.
    Grande abraço!
    Beijinhos no ♥!

    ResponderExcluir
  6. Colher com alegria e amor as flores que estão ao alcance das mãos...para mim, o equilíbrio é isso.
    Lindas suas palavras Valéria, grata pela reflexão na manhã de hoje!
    Beijo grande e boa semana pra vc! :)

    ResponderExcluir
  7. linda post querida estas palavras caem como um bálsamo em minha alma refrescando aliviando acalmando as dores que sensação boa de alivio liberdade paz e harmonia que lindo inicio de semana com esta paz abençoada bjs com carinho marlene

    ResponderExcluir
  8. Oi Valéria!
    Palavras sensatas de quem busca na ponderação viver a vida com harmonia. Que possámos atingir este grau de lucidez ao ponto de viver em permanente colheita de amor e alegrias.
    Beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  9. Que oração ao amor, mais bonita Valéria.
    Uma linda semana para ti querida.

    Beijão

    ResponderExcluir
  10. Olá, Valéria! Uma delícia, realmente, refrescante essa chuva de palavras que encontrei aqui. Você tem toda razão, e eu concordo com absolutamente tudo; principalmente no que diz respeito a alegria / euforia.

    ResponderExcluir
  11. podemos ser livres, sem perder a consciência de que os outros também o são.
    Você caminhou, lindamente, pelo sentir, colocando na postagem a importância da verdade nesse sentimento, muitas vezes equivocada.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  12. Que a chuva que cai la fora traga a liberdade responsável, a paz extraída do nosso coração independente do burburinho do lado de fora, que traga a alegria pura baseada no verdadeiro equilíbrio.
    Que a chuva que cai faça com que o amor incondicional seja uma verdade e que possa se conectar na mais doce sintonia.
    Valéria minha amiga querida, muita paz, alegria e amor.
    Tenha um belo feriado, beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá, Valéria! Bela reflexão! A chuva prepara o berço das plantas, renova o ar, os rios, despolui... Que frutifique nossas mentes despoluindo-nos de pensamentos negativos.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  14. Valéria querida,

    Adorei o seu texto.

    A parte inicial é repleta de beleza e poesia.
    Os demais parágrafos nos trazem reflexões sábias e importantes e muito bem colocadas.

    Ótimo feriado.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Valéria,
    essa chuva inspiradora te banhou de corpo e alma, verteu por tuas palavras esse texto repleto de reflexões significativas que nos levam a comparar sentires e atitudes para bem os definir e realizar.
    Minh'alma está lavada de satisfação.

    Òtimo feriado,amiga,
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  16. Oi Valéria
    A chuva sempre é motivo de inspiração, e pra voce nunca foi nem um pouco difícil escrever ...
    na chuva ficou simplesmente maravilhoso.
    Obrigada pelas reflexões - ser livre com responsabilidade, ter paz com equilíbrio , sentir alegria sem extremos e amar assim docemente como numa manhã de chuva.
    um abraço bem grande
    estou voltando devagar ok?

    ResponderExcluir
  17. Olá! Que lindo texto e que nos faz pensar muito!
    Aqui tb muita chuva, que tudo lava...
    Adorei o pensamento final!
    Bjs e te desejo uma ótima terça-feira e bons pensamentos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  18. Olá, amiga Valéria!
    A chuva deveras nos dá boa verve, mas nada em excesso nos faz bem. Devemos ter e senti tudo na medida certa, pois a diferença entre remédio e o veneno é somente a dose.
    Sábio ensaio, amiga!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  19. Valeria,uma msg maravilhosa e mostra que nem sempre excesso é sinal de fartura!...rss...bjs e bom feriado!

    ResponderExcluir
  20. Olà, Valéria. Quanta beleza e alegria de viver, na sua percepção através da chuva. A chuva trás sempre renovação e com com vc inspiração! Bjos carinhosos no seu coração.

    ResponderExcluir
  21. oi querida...

    eu digo que esse texto é uma prece...

    portanto eu digo AMÉM!


    bjo grande!


    Zil

    ResponderExcluir
  22. Olá Valéria, lindo texto...chego a sentir o "cheiro" da terra molhada e o barulho dos pingos nos vidros da janela... Abençoada inspiração! Uma linda noite e muita paz e harmonia!

    ResponderExcluir
  23. Equilíbrio em tudo na vida.Atingir esse patamar de consciência requer muita maturidade.Suas palavras refletem isso.Grande abraço Valéria!

    ResponderExcluir
  24. Oi Vazinha, e o que escreveu lavou literalmente minha alma, eu estava precisando.
    Você mais do que ninguém sabe a revolução que está minha vida rsss e entrar em contato com o frescor de tuas palavras é tudo de bom.
    Beijos e ótima quarta feira!

    ResponderExcluir
  25. ô minha linda, pra variar seus textos me fazem um bem danado :)
    Pra tudo nessa vida é preciso moderação e constante olahr sobre nossas próprias atitudes, pois muitas vezes apesar de sabermos todas essas coisas, damos uns foras rsrs por isso temos que manter nossos olhos de dentro sempre alertas e nosso coração na harmonia dele. Cada um de nós tem um tom, basta a gente saber ajustá-lo.

    bjos de luz e carinho ♥

    ResponderExcluir
  26. Linda mensagem Valéria:
    "...Ser livre não é poder ser libertino. Ter liberdade está intimamente ligado ao respeito a si mesmo e aos demais. Ser livre implica em caminhar de mãos dadas com a nossa responsabilidade...."

    Adorei a reflexão e a energia vinda de suas palavras!!

    Beijinhos Iluminados!!
    Paz e Luz!!

    ResponderExcluir
  27. Olá amiga Valéria! Linda reflexão, pode parecer difícil, mas esse tempinho chuvoso tambem pode ser inspirador, com esse cheirinho de terra molhada, e esse fresquinho delicioso...hum até eu estou ficando inspirada. bjnhos

    ResponderExcluir
  28. Que lindo Valéria, gosto muito de ler seus textos, são profundos e verdadeiros.
    Beijos e paz.

    ResponderExcluir
  29. Valéria minha flor de Luz,

    Que linda descrição deste pulsar
    da Natureza no início da postagem, foi de arrepiar!!!!
    Sabe que sexta-feira passada me senti como este passarinho?
    Fui buscar meus filhos na escola, que fica á 20 minutinhos de casa, e foi só eles saírem para cair um baita temporal.......não teve jeito, um pouquinho que corremos para encontrar abrigo nos molhamos da cabeça aos pés, então vendo que já estávamos molhados mesmo, decidi ir embora com eles na chuva.
    Apesar de estarem um pouco assustados, pois ventava muito e dava alguns relâmpagos.....eu procurei levar tudo como uma brincadeira......correndo e rindo junto com eles, e vou te falar a verdade, que sensação!!! Parece que passei por uma limpeza energética.
    Isto faz parte de vivermos com alegria e equilíbrio......

    Maravilhosos os pontos que você abordou.
    Todos me tocaram profundamente, PERFEITOS!!!! Você consegue ler a Alma humana e trazer para o mundo das palavras grandes ensinamentos para todos.
    Minha gratidão eterna!!!!

    Beijos nesta Alma Iluminada!!!!

    ResponderExcluir
  30. Sentir, apenas sentir,equilibrando as emoções e desfrutando das sensações...

    Belíssimo texto Valéria,,,adorei passar por aqui e sentir sede de voltar

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi, Valéria, minha querida! Primeiramente, muito obrigado pela companhia tão gentil e adorável em minha ausência com suas visitas.

    E quero lhe dizer mais um obrigado por estas palavras tão significativas acerca de modos de viver. Admiro muito sua visão holística e sua forma de expressá-la através da escrita. Me sinto muito bem lendo-a. Sempre.

    Um grande abraço. paze bem.

    ResponderExcluir
  32. As vezes esquecemos do quanto a chuva pode ser bela! Gostei da postagem.

    Luz e Paz

    ResponderExcluir
  33. Bom dia,Valéria!!

    Bah!Minha amiga, fizeste uma reflexão maravilhosa!!!Tão profunda!!!Muitos ainda confundem liberdade com libertinagem...
    Cada ponto refletido e eslarecido por você são pequanas chaves de aprendizado, de evolução.Alguns nada fáceis de se conseguir,mas por isso mesmo com ganhos imensuráveis para a alma! Vale à pena o esforço diário para sermos equilibrados e maduros.
    E como é importante isso que fizeste!De aproveitar um momento para refletir!Sempre conseguimos valiosas lições!Obrigada!
    *Agora mesmo, deixei um comentário para a Isa Mar, dizento que gosto e admiro o tabalho de divulgação da espiritualidade que vocês duas fazem!Ganhamos tanto com estas partilhas!!!Só posso agradecer!
    Beijos!!!!Bom final de semana, minha amiga querida!!!!

    ResponderExcluir
  34. Que esta chuva purifique nossos caminhos, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  35. Vim desejar um maravilhoso final de semana, com muitas energias boas!!!

    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  36. Olá amiga Valéria. Adoro seus textos. Têm tanto o que nos ensinar!!! Beijos.

    ResponderExcluir
  37. Minha amiga perante uma mensagem tão sentida, linda e verdadeira só me resta dizer que desejo o mesmo para todos nós.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  38. Valéria querida,
    Adorei sua mensagem! Mais um lindo texto você nos presenteia, repleto de ensinamentos! Que essa chuva possa lavar nossa alma e renovar nossas energias e esperanças!
    Um excelente final de semana pra vc, cheio de boas energias!
    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  39. Já li que a chuva limpa mesmo energeticamente os ambientes, talvez seja por isto que a gente sinta esta sensação tão boa...
    Beijos

    ResponderExcluir
  40. Olá Valeria,

    Maravilhosa essa mensagem, adoro a chuva, ela me trás sempre muita inspiração.
    Beijos e ótimo começo de semana.

    ResponderExcluir
  41. Hoje é domingo e estou passando para deixar o meu abraço e a minha alegria a você.
    Que Deus te ilumine a semana que se aproxima.
    Nossa amizade é mais ou menos assim...

    Poema do amigo aprendiz
    Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
    Nem tão longe e nem tão perto.
    Na medida mais precisa que eu puder.
    Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
    Da maneira mais discreta que eu souber.
    Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
    Sem forçar tua vontade.
    Sem falar, quando for hora de calar.
    E sem calar, quando for hora de falar.
    Nem ausente, nem presente por demais.
    Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
    É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
    E por isso eu te suplico paciência.
    Vou encher este teu rosto de lembranças,
    Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...
    Pe. Zezinho SCJ.
    Com muito Carinho,
    Sandra

    ResponderExcluir
  42. Valéria, pelo visto essa chuva te causou um bem enorme. Reflexões, definições profundas em palavras de fácil entendimento. Na verdade, podemos concluir q todos os nossos sentimentos devem ser equilibrados para q possamos viver em paz. Sendo tudo fruto do nosso amadurecimento e autoconhecimento.Muita paz!

    ResponderExcluir
  43. A chuva nos lava a alma, nos convida a renovar...
    Sempre tão bela tuas divagações minha querida, sempre a te aplaudir de pé, pelos belíssimos textos com que nos brinda...

    ......................


    Teus braços sempre se abrem quando preciso um abraço. Teu coração sabe compreender quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.

    Estando ela por perto ou estando mesmo distante, mãos de mães te velam e guardam
    pousando sobre teu semblante...


    Minha querida
    o mais feliz e calorosa semana
    em prenúncios de lembranças a todas as mães do mundo...

    Bjinhus

    Livinha

    ResponderExcluir
  44. Valéria, boa noite.
    Seu texto tem a suavidade e o benefício de uma chuvinha mansa, que gostamos de apreciar. Chega com suavidade e nos provoca bem estar. Gostei muito, um forte abraço, fica com DEUS, bjs

    ResponderExcluir
  45. Oi, Valéria! Voltei para lhe desejar uma ótima semana. paz e bem.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails