segunda-feira, 6 de agosto de 2012

EU SOU...E QUE TODOS SEJAM... (de ValériaC)


Eu não estou aqui para seguir ninguém. Estou nesta vida para seguir a minha razão, a minha verdade, o  meu coração, para  trilhar cada passo do meu caminho a partir de cada uma das minhas escolhas, do que de fato eu  quero para mim.

Não estou aqui para ser exemplo para ninguém, se bem que sei que às vezes todos nós os somos de alguma maneira, mas este não deve ser meu maior compromisso. Meu primeiro compromisso é comigo mesma, com meu despertar e evolução, assim como  é para cada um, pois na verdade  sei que tudo o que faço, penso e sinto cria meu mundo e traz para mim as mais diversas consequências.

Estou aqui para ser livre, para fazer ou deixar de fazer o que decidir que quero ou não quero, de ‘acertar’ e até eventualmente ‘errar’ e não quero interferências, ao menos as deixo me influenciar minimamente, até porque sei que somos todos interligados, de alguma forma, uns afetam os outros, mas também sei da importância de cuidar em preservar minha própria identidade.

E que todos sejam livres como eu sou, eu quero aceitar e respeitar cada dia mais esta liberdade de ser de cada um, pois finalmente entendi que minhas descobertas, que tudo o que mais prezo, tudo o que é significativo, o que me traz paz, harmonia, felicidade em mim pode ser muito diferente para os demais e fico feliz em não ter que mudar ninguém, em não impor meu modo de ser para ninguém, eu não quero fazer isso, eu já fiz, claro que na melhor das intenções, só não percebia que de certo modo não estava aceitando e nem respeitando o jeito de ser do outro, mas a vida nos traz amadurecimentos que nos levam a entender que o caminho que cada um trilha é sempre o melhor caminho para este ser e ninguém tem que  perceber a vida, descobrir ou despertar do mesmo modo que eu. Cada um faz seu próprio caminho.

Aprendi a confiar no processo da vida, que sabiamente traz para cada um,  a seu tempo, as melhores formas de  despertar e experienciar  a vida, de  forma que enriqueça o seu ser como um todo.

Como é libertador buscarmos ser quem somos e deixar que cada um o seja também. Na aceitação, não tenho que julgar, nem esperar que ninguém seja igual a ninguém e quanto mais trabalho isso em mim, mais livre e leve eu fico, mais eu consigo ser quem sou e deixo que cada um seja quem quer ser.

Que eu possa brilhar e que todos possam brilhar também, cada um ao seu modo, a partir de suas escolhas intimas, como digitais, onde cada um vibre seu tom, cor e melodia de acordo com sua essência interior. Que cada um possa  desenhar  e colorir o seu mundo, que possa compor, cantar no seu ritmo e dançar seus passos pela vida.

Quero mais é seguir a vida que é eterna, deixando que meu espirito se incorpore cada dia mais nesta pequena porção manifesta de mim que sou nesta dimensão, sinto  que quanto mais isso acontecer, melhor consigo viver aqui e agora e pela eternidade. E sigo desejando que todos corajosamente sejam quem verdadeiramente são.

Texto de: ValériaC (em 16/07/12)
Imagem: Google

38 comentários:

ValériaC disse...

Bom dia meus queridos(as)!
Depois de alguns dias de descanso volto ao convívio com todos vocês, com imensa alegria. Senti muita saudades.
Aos poucos estarei colocando as visitas em dia...feliz semana à todos!

✿ chica disse...

Bom te ver de volta e com uma mensagem das TUAS, linda e chegada do TEU coração!!! Adorei! beijos,bom retorno, tuuuuuuuuuudo de bom,chica

Livinha disse...

Bom dia Valéria

Dusseste tudo,
ser ou não ser, eis a questão
só cabe a nós responder,
fazer jus ao nosso livrearbítrio
consciente de nossos atos,
seguir o nosso caminho,
plantar sementes de carinho
e sermos de fato quem somos.
A exemplo que nos sigam nossos filhos, no carater despojado do ser,
afinal nossos rastros andarilhos,
por serem fecundos brotam flores ou espinhos na passarela ao entardecer...
Confiantes que sigamos a estrada construidas por nós mesmos...

Felicidades minha querida

Bjinhus

Livinha

AC disse...

Valéria,
Um belo conceito de liberdade, que brota do seu interior como a água pura da nascente...

Beijo :)

Imac by Artes disse...

Valéria querida!
Que texto edificante!
Ler-te me fez um bem imenso,revigorou minhas energias
e alegrou meu coração,
Amei tua volta estou feliz!
Abraços! Um dia radiante pra ti.

Ana Bailune disse...

Temos apenas uma vida; se Deus quisesse que vivêssemos mais que uma, teria nos dado duas. Já não é um trabalhinho qualquer viermos cada um a nossa vida, imagine só cuidar da vida alheia... você é sábia.

Ives disse...

Olá! Todos temos a nossa estrada, onde estamos com as mesmas projeções de futuro, querendo chegar na eterna felicidade!

Elisa T. Campos disse...

Valéria
Que bom que voltou.
Vir aqui e ler os seus textos transformam. E você é um exemplo sim.
o de fazer cada um ser leve, ser livre, descobrir-se .
Sai daqui renovada.

Beijos.

Anne Lieri disse...

Valeria,voltou com mais sabedoria ainda,amiga!Simplesmente maravilhosa a reflexão que este texto nos leva a fazer!Bjs e boa semana!

Élys disse...

Valéria, minha querida amiga, você traz uma bela reflexão que todos devem ler com atenção e ver mesta página como será bom, se todos conseguirmos viver com liberdade, agindo por nós mesmos, pelas nossas convicções e deixando os outros agirem também de forma livre, pois o que é significativo para um pode não ser para o outro. Creio que o importante é olharmos para a eternidade e desejarmos que todos nós encontremos o caminho da paz, da felicidade, da verdadeira fraternidade.
Linda página!...
Que sua semana seja muito feliz.
Beijos.
Élys.

Célia Rangel disse...

SER na AUTENTICIDADE respeitando a tudo e a todos - assim todos deveriam viver o processo da vida. Sem interferir ou receber interferências.
Bj. Célia.

pensandoemfamilia disse...

Como é bom pode estar sendo no trilhar da vida que segue seu rumo .
Tem convite no meu espaço, passa lá e confere.
bjs

António Jesus Batalha disse...

Olá , seu blog é muito bom, e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é: António Batalha, e quero deixar-lhe um convite, se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante. Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que Seja feliz você e sua casa.

Ivana disse...

Esse olhar interno é muito importante, quando desviamos nosso olhar deixamos de olhar para nós mesmos. A humildade faz isso conosco; enxergamos em nós mesmos aquilo que apontamos nos outros. Assim, como você mesma finaliza, podemos seguir mais tranquilos e felizes, afinal somos todos aprendizes. Uma ótima semana, feliz retorno, um abraço!

ONG ALERTA disse...

Obrigada por sempre nos ensinar com suas belas palavras, beijo.
Que bom que esta de volta, Lisette.

Valéria disse...

Oi Valéria!
Seja bem vinda minha amiga!
Chegou nos presenteando com esta reflexão tão fundamental, o sentido ser e buscar o seu melhor. Você brilha e abrilhanta as nossas vidasa plantando estas sementinhas.
Beijinhos e uma semana abençoada!

Jeanne Geyer disse...

Valéria querida, penso exatamente assim, que cada um cuide de sua vida. Claro que dentro do possível podemos opinar, mas sempre a nossa verdade será diferente da verdade do outro.
bjs

Jeanne Geyer disse...

Valéria querida, penso exatamente assim, que cada um cuide de sua vida. Claro que dentro do possível podemos opinar, mas sempre a nossa verdade será diferente da verdade do outro.
bjs

Nyce Pinto. disse...

Aplausosssssssssssss! Valéria também penso assim! Liberddade tão necessária... Quando cuidamos das nossas vidas e utilizamos nosso preciosos tempo cuidando da nossa evolução, sem nos preocuparmos com o que os outros vão pensar, experimentamos a tão sonhada felicidade na Terra! Um abraço e muita luz...

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Valéria
Que bom que vc voltou e tivemos a sorte de receber vc na Série Comemorativa do meu blog!!!
O seu post é bom para reafirmarmos a certeza:
Deus nos criou para sermos imensamente felizes...
Disso eu já tenho certeza absoluta... porque ELE é PAI...
DEUS te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz

Leonice disse...

Que bom que voltou Valéria! Senti sua falta, ler seus textos é muito gratificante e este nos faz refletir muito. Parabéns amiga pelo belo texto.
Um abraço com carinho.
Muita paz.

Bento Sales disse...

Olá, prezada amiga Valéria!
Que bom que voltaste!
Realmente não faz sentido perdermos nossa idiossincrasia para sermos aceitos num grupo ou amizade, pois, não seremos nós.
A personalidade é subjetiva e não coletiva.
Devemos ser como somos e os demais, como são para que a relação sincera.
Gosto da forma como tu analisas os fatos, a realidade e a vida.
Como sempre, preciosa reflexão!

Abraços do amigo!

Vera Lúcia disse...

Valéria querida,

Bem-vinda de volta. Senti sua ausência.

Como sempre, você nos traz uma excelente reflexão. Acredito também que devemos cuidar do nosso SER e seguir nossa jornada segundo nossas convicções, procurando crescer, sem buscar aprovação ou aceitação. Cada um sabe de si e deve trilhar o próprio caminho utilizando de seu livre arbítrio. Bons exemplos são sempre importantes, mas todos são detentores de liberdade para construir seu próprio caminho. O tempo das pessoas não é igual e deve ser respeitado.

O importante é que todos alcancemos nossos propósitos de crescer e evoluir.

Ótima noite.

Beijo.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Valéria. Ser quem somos, ser do modo como somos é algo imprescindível para nós.
Não adianta querer mudar por causa do outro, descaracterizar a nossa essência, o que trazemos conosco.
Penso que podemos aprimorar quem somos, como lidamos com o nosso próximo a partir de uma reflexão consciente e aceitável.
Gosto de ser verdadeira, penso que é o melhor caminho a seguir numa estrada onde tenho de aprender muito.
A liberdade de ser, pensar, querer, amar, faz com que nos sintamos leves, donos dos nossos pensamentos sem a preocupação de não sermps autênticos.
É um preço nem sempre fácil a se pagar, mas ainda prefiro assim.
Cada qual tem o seu jeito de ser e vejo que se não nos sintonizamos com ele, se não respeitamos ou aceitamos, ou procuramos mudar a nós mesmos ou dar um toque levemente para a pessoa sem sufocá-la, pois às vezes é preciso.
A essência de cada um é única, personalidade individual e devemos respeitar, ainda que não entendamos seu modo de ser!
Beijos na alma!

Calu disse...

Bem-vinda,vc faz falta, viu?
Tuas palavras intensas são chave de reflexões necessárias como um tônico para a alma.
Redescobrirmo-nos incessantemente nos leva a liberdade de suspender o juízo acerca dos demais e a apenas solidarizarmo-nos.
Bjkas,
Calu

Cris Tarcia disse...

Valeria, o seu texto chegou na hora pra mim. Obrigada

Beijos

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Nossa, voce fez falta... saudades!...

E vi que escreveu este texto durante as f´rias, no descanso e na paz... Lindo texto!

E é isso, Valéria. Estou escrevendo um texto sobre isso, tb. Deus deu a todos o livre arbítrio, não é mesmo? então, quem somos nós para julgarmos as atitudes do nosso próximo... cuidar da nossa própria vida já é tão trabalhoso...
Podemos escrever sobre as nossas experi^ncias e compartilhar somente. Mas cada um tem as suas vivências e sua caminhada nesta vida.

Que bom tê-la de volta!
Um beijo com carinho!!

Cidinha disse...

Olá, Valéria. Boa noite! Um belo texto. Uma bela reflexção! Obrigada pela partilha. Beijos!

lis disse...

Oi Valéria
Sempre querida quando volta .
Obrigada pelo carinho,pelas crônicas que traduz o que sente e que de certa forma cala fundo e ajuda o dia ficar mais leve.
Vou seguindo tentando ser eu mesma com
meu ritmo que as vezes é lento ... rs ou o tempo que é rápido demais ?
um abraço grande

Rosa Mattos disse...

oi Valéria,

Achei ótimo teu texto, em especial o título, que por sinal eu amei de paixão: "Eu sou...e que todos sejam"

Internamente eu respondei "Amém"

♥Beijinhos/

Daiana M.Fernandes disse...

Assim seja!

Um terno abraço

MARILENE disse...

Esse respeito pela individualidade de cada um nos permite ser nós mesmos. Podemos até ser exemplos involuntários, mas se sabemos cuidar de nossas vidas e de nosso espírito, isso será benéfico para alguém. Bjs.

Mari Rehermann disse...

Que lindo texto, Valéria querida!! Devemos procurar fazer o melhor sempre, e julgar a nós mesmos!!
Tenha um lindo final de semana!!
Beijos!♥

Ilca Santos disse...

Olá querida amiga,
Que beleza de postagem! Realmente nos faz pensar e refletir esse seu texto maravilhoso... perfeito, como tudo que vc escreve.
Feliz domingo para você!
Um abraço carinhoso e amigo.

Lua. disse...

Olá Valeria obrigada pelo carinho.
Estou sem tempo para entrar na internet,mas sempre deixarei novos poemas beijos.

Suely Poubel disse...

Bom dia amiga Valéria! Que ótimo que vc. está de volta, e nos trazendo vibrações e palavras tão lindas nesse seu texto, depois de lêr e reler, só há uma palavra a ser dita sobre ele: AMÈM! bjnhos.

Van disse...

Olá Valéria

Voltou com a carga toda. Maravilhoso este texto, quanta sabedoria há nele, uma reflexão que me fez muito bem ler.

Um beijo querida, ótimo final de semana

O Profeta disse...

Saberás que há pedras brancas na ilha
Que a raiva é cegueira à maravilha
O mar às vezes se veste de maresia
Que um amor no amar confia?

Saberás que às vezes escondo o coração à crueldade do mundo
Que o que outrora desejava agora receio
Que a minha desesperada mente combate a tua
Que a ternura às vezes morre ao meio da rua
Boa semana

Doce beijo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails