segunda-feira, 28 de maio de 2012

ALIMENTAR O CORPO E O ESPÍRITO (de ValériaC)


Fala-se tanto sobre o cuidar do corpo, em seu exercitar, em seu alimentar, o que  denota sua importância, afinal nosso corpo é morada do nosso espírito, é através dele que nosso espírito pode se manifestar concretamente nesta dimensão. Daí vemos a grande importância de equilibradamente cuidarmos do corpo assim como do nosso espírito, uma vez que este último,  traz o perfume da nossa verdadeira essência, é  ele que nos possibilita  manifestar quem realmente somos, de acordo com nossa maturidade e grau de  consciência .

Na vida, aprendemos muito com o crescimento e maturação do nosso corpo e simultaneamente enriquecemos nosso espírito pelo amplo experienciar do nosso ser como um todo, porém por geralmente darem uma ênfase muito maior no lado físico do que no espiritual, hoje quero falar um pouquinho mais deste lado, que é tão significativo, vital e eterno de todos nós.

Sei que orar é um dos caminhos de conexão com nosso Eu Superior e com  o Divino,  desde que não seja um mero derramar de palavras, lamúrias e pedidos sem fim,  soltas ao vento, mas sim, sejam sublimes energias declaradas e sentidas com o coração, num doce traduzir do que nos vai na alma.

O que poucos conseguem perceber é  que para nutrirmos nosso espírito, podemos ir muito além do orar somente em palavras, podemos “orar” através de tudo o que em nós  reflita nossos melhores sentimentos e atitudes, na nossa fala, em nosso pensamento, mas também no silêncio, que nos leva às profundezas de nosso interior, assim como na manutenção de  um  constante estado de gratidão, na  meditação, [...] . Tudo pode ser como uma oração, assim como tudo de fato é espiritual, quando feito com alma e coração.

Que o  equilíbrio se faça presente  no corpo e no espírito, escolhamos  bem cuidar do  nosso corpo, para que tenha saúde e para o nosso espírito, escolhamos nutri-lo com as nossas  mais elevadas e puras  vibrações, oremos de coração, quando e se assim o desejarmos, porém,   alcemos voos muito além, oremos de todas as formas, pois  assim o fazemos quando vibramos  e expandimos o  amor, a harmonia, a alegria, quando comtemplemos a beleza da flor, os tons  do céu de cada dia, o variar  das estações, quando  semeamos a paz em nós e no mundo, quando apreciamos o valor das  oportunidades  e lições que cada dia a seu próprio modo nos traz, quando regamos de ternura  nossas amizades e companhias, quando sentimos os tantos  sabores, as  infinidades de  perfumes, quando percebamos as belezas da natureza,  quando olhamos e sentimos amorosamente a tudo e a todos, quando temos a sabedoria de  sorvermos  as delicadezas de cada momento, quando entramos  em comunhão com as  sutilezas que a vida nos traz, no encantamento para com os pequenos milagres da vida, pela  capacidade de sorrirmos  com os lábios, com os olhos e com os nossos corações, [...]

Texto de: ValériaC (em 27/05/12)
Imagem: Google

segunda-feira, 21 de maio de 2012

REFLEXÕES NOSSAS DE CADA DIA (de ValériaC)


Constantemente dizemos que precisamos fazer mudanças para que o mundo seja melhor. Mas o que fazemos para que isso efetivamente aconteça? Quando vamos entender que toda mudança tem que começar primeiramente em nós?

Dizemos com plena força de nossa voz que é preciso ter paz! Mas procuramos cultivá-la dentro nós dia a dia,  para que se reflita em nosso agir e consigamos de alguma forma  transmiti-la aos outros?

É tão em voga dizer para que não  tenhamos preconceitos, tenhamos sim aceitação, mas tantas vezes sequer nos aceitamos, que dirá aceitar os demais? Ainda temos muita dificuldade em aceitar de verdade uns aos outros como são, nas suas fraquezas, limitações e qualidades, é, inclusive, nas qualidades, pois vemos que até nisso as pessoas criticam umas as outras, quando o outro tem determinadas qualidades, muitos os julgam como arrogante, dono da verdade, ao invés de ver o quanto aquele atributo pode ser benéfico, até em suas vidas, se eles se propuserem a desenvolve-lo também.

Queremos que o mundo nos entenda, nos aceite, nos elogie, mas quanto nós fazemos isso com os que nos cercam? Tantas vezes agimos como criancinhas mimadas, querendo tudo para si, mas nem sempre queremos dar aos   outros o que tanto queremos para nós.

Vivemos dizendo que não podemos dar importância ao que os outros nos falam, nos criticam, nos julgam, mas ainda deixamos nossa fragilidade do ego se magoar. Quanto temos que trabalhar em nós ainda e sermos adultos de fato, não é mesmo?

Impressionante como o “faça o que eu mando e não faça o que eu faço” ainda impera. Quanto ainda falamos da boca pra fora e não agimos de forma condizente com o que pregamos?

Amor, respeito, aceitação são sentimentos essenciais para todo e qualquer tipo de relacionamento que temos com os que nos cercam.

Que nós aprendamos a ter a grandeza de coração e de alma em trabalharmos constantemente mudanças que nos ajudem a  melhorar, a ser o melhor de nós mesmos,  que nos façam crescer, despertar, que nos estimulem  a exercitarmos incansavelmente a aceitação, o amor da forma mais incondicional possível, a de verdade, respeitarmos as diferenças no modo de ser, de perceber a vida de acordo com a maturidade e limite de cada um, inclusive o nosso.

Texto de: ValériaC (em 16/05/12)

segunda-feira, 14 de maio de 2012

SER HUMILDE É SER QUEM SOMOS(de ValériaC)


Quando vamos definitivamente aceitar que ser humilde é verdadeiramente  nos auto aceitar  nas qualidades e “limitações” que temos?

SER HUMILDE É SER QUEM SOMOS e conseguirmos nos amar do jeitinho que somos. Pode nos parecer difícil, mas é possível.

Até quando seremos carrascos de nós mesmos? Infelizmente as pessoas se equivocam e acham que para serem  merecedoras de  consideração, respeito, aceitação, amor e se permitirem  ser felizes,  antes elas tem que ser mais magras, mais bonitas, inteligentes, bem sucedidas, enfim,  “neuroticamente perfeitas”. Ledo engano, isso é andarmos na contramão. Precisamos entender que merecemos nos validar antes de que qualquer outra coisa aconteça em nossas vidas, pois de fato, consequentemente  só começarão a nos acontecer  boas coisas e mudanças se nos amarmos, nos aceitarmos primeiro.

Creio que todo aquele que descobre este tesouro em si e  o vive na prática , sente-se mais confortável consigo, mais leve, livre e muito mais feliz. E acreditem, todos  temos um  tesouro dentro de nós. É que muitas vezes o sufocamos,  por não acreditarmos verdadeiramente em nós, porque vivemos  nos perdendo em comparações com os outros, nós prendemos nas aparências  exteriores, vivemos querendo impor uma igualdade no modo de ser, agir, pensar e  aparentar,  que não existe. Podemos melhorar? Sim podemos, mas jamais nos sacrificando em ser como a massa e  sim vivendo dentro do que podemos manifestar do melhor de nós e com o  que nos faça sentir bem de verdade. Apesar de algumas semelhanças, somos lindamente únicos, especiais, cada qual é  uma joia rara, que com o correr dos tempos está sendo lapidada. Não menosprezemos e nem  apaguemos o nosso brilho, deixemos que ele naturalmente transpareça  cada dia mais. Sempre que nos permitimos ser quem  somos,  mais brilhantes vamos ficando, pois nossa luz, nossa verdadeira essência vai se manifestando. E sinceramente, creio que essa é a nossa maior beleza, é uma preciosidade,  é o que toca, é o verdadeiro “poder”, graça  que  emana do interior e transforma o exterior.

Que divino vermos que a natureza não se repete, não é mesmo? Porque temos tanta dificuldade em aceitar a unicidade de cada um e insistimos em querermos ser tão iguais uns aos outros? Quando vamos entender que não há um único modelo a ser seguido, mas são infinitos modos de ser, de viver, de experienciar a vida e que todos são válidos e dentro desta imensa, eu diria infinita diversidade, TODOS MERECEMOS AMOR E  RESPEITO.

Como é maravilhoso quando entendemos que até quando  “aparentemente  erramos” é porque estamos tentando acertar, é vivendo e aprendendo que vamos encontrando  o mais funcional em nossas vidas.

Já disse anteriormente  que certo  e errado são conceitos extremamente equivocados, limitantes, relativos, pois na verdade tudo é caminho para despertarmos, para ampliarmos nossas percepções e consciência. E este caminho, esta funcionalidade  é sempre muito particular e pode ser bem diferente uns dos outros. Portanto, é importante  passarmos a dar uma atenção especial ao modo como as situações , as pessoas   ressoam em nós, no nosso coração, pois nosso coração reflete o que sente nossa alma, alinhavando nossa inteligência a este sentir, devemos seguir  o que sentimos  que nos traga  uma sensação boa no peito, no corpo, o  que nos faça bem e felizes e definitivamente  descartarmos o que nos faz sentir algo diferente disto, que nos oprima, nos cause mal estar. Isso sim é sermos originais, é fazermos o nosso  próprio caminho,  é escrever com as mais belas letras, a nossa historia, é termos coragem de SER.

Então, quanto mais passarmos a viver com humildade, com mais  aceitação viveremos, consequentemente  mais  nos libertaremos das amarras  da mente(ego) que tanto nos cobra, nos compara aos outros, nos exige, que tanto se preocupa com o que os outros vão pensar de nós, com a aparência de tudo, querendo em vão, agradar aos outros, à sociedade,  às custas de um sacrifício imenso de si mesmo.

Não estamos aqui para perder tempo nos comparando massivamente,   estamos aqui para despertar, crescer interiormente, sermos felizes, deixarmos o melhor que há em nós vir à tona. Ninguém tem que ficar acomodado em nenhum setor da vida, somos capazes de nos superar a cada dia, se assim nos propusermos, mas cada um no seu próprio ritmo e modo e  neste sentido digo que é importante trabalharmos e permitirmos  que o melhor de nós floresça, mas sempre lembrando que cada um é uma espécie única de flor, com suas próprias  características, cores e  perfumes. Não há uma flor mais bela que a outra, todas são belas do jeitinho que são.

Esta liberdade em ser nós mesmos, em seguirmos nossos caminhos,  não é concedida por ninguém além de nós mesmos.  Vamos definitivamente nos amar incondicionalmente e sermos quem somos? Vamos começar a olhar para os outros, vendo a beleza de sua unicidade, do mesmo modo que gostaríamos que nos vissem?

Texto de: ValériaC 
Imagem: daqui

segunda-feira, 7 de maio de 2012

ACONTEÇA O QUE FOR...(de ValériaC)

Imagem: daqui

ACONTEÇA O QUE FOR...(de ValériaC)

Aconteça o que for
na minha vida, não temerei...
O medo é nocivo, é danoso
traz em si energias
que só paralisam,
que corroem por dentro,
em nada servem
para efetivamente  resolver...
Podem me mentir, enganar,
desprezar, me fazer chorar,
me abandonar, dar notícia triste...
seguirei meu caminho sem me abalar
com a ignorância, com a ilusão alheia,
com o diagnóstico “ruim”...
Não vou me contaminar,
nem me deixar abater,
me desesperar, me maltratar
ou sentir que nada valho...
Jamais vou fazer isso comigo,
sou muito mais que tudo isso...  
Sou preciosa, tenho valor,
vou me apoiar, estar junto de mim,
vou me dar o alento que preciso,
me levar adiante, me pegar no colo,
acarinhar minha alma...
Não alimentarei a tristeza, a mágoa
a revolta, o vitimismo, o ego ferido,
quero bem longe estas ervas daninhas
que só sabem sufocar
tudo de bom que há em meu ser.
Vou cultivar carinhosamente
a dignidade, a verdade
a bondade, a alegria, a humildade,
só o melhor de mim
vou deixar brotar e florescer...
Aconteça o que for...
estarei eternamente comigo,
porque  sei que quando ajo assim,
o invisível age junto a mim...
pois  nunca estou sozinha,
sou una com Aquele Que Tudo É,
tenho mentores, tenho amigos
que estão sempre perto,
querendo o melhor para mim...
Doa o que tiver que doer,
corpo, alma, coração,
vou me cuidar, me curar...
ver tudo como lição
que enriquece meu espirito,
me fortalece, me ensina a superação...
Não me tornarei amarga, árida,
não serei vida ressequida,
muito pelo contrário...me regarei
com os meus melhores sentimentos...
Buscarei  força dentro de mim,
manterei a essência que sou...
Serei doçura que habita minha alma,
derramarei  o néctar,
que açucara a flor e a vida...
Serei brandura tal qual chuva serena
que refresca e acalma...
Serei paz, que harmoniza,
equilibra a mim e por onde eu for...
seguirei levando todo o AMOR
que de mim transborda
como fonte que nunca se acaba,
que se agiganta, torna-se rio
tocando quem estiver ao redor,
convidando a juntar-se a mim...
Seguirei cada dia que eu viver
sendo brisa suave,
levando esta energia por onde eu passar,
numa expansão energética infinita,
transformadora universal
e apesar da minha aparente  pequenez
sei que cada um de nós
tem luz e poder imensos
que a muito pode mudar...
Serei muito além de palavras, serei atitude
o melhor de mim,
exemplo em concretude...
E o bem se fará em mim,
mas no fundo sei que refletirá em ti,
e cada ser vivente  será
tocado docemente, pois somos interligados...
Serei mulher flor, parte de um belo jardim...
Aconteça o que for... tudo farei
para continuar a florescer
em energias leves, sutis do meu ser...
Sei que viverei momentos
em que me sentirei lagarta
que vive a incerteza, a solidão,
a escuridão da metamorfose,
mas vou me  lembrar
que  tudo contribui para que eu vá além,
expanda minha consciência,
me tornando o que originariamente  sou:
livre alma borboleta...
E aconteça o que for...
sou  eterna e escolherei
espalhar felicidade e sorrisos
semearei boas vibrações e  amor...

ValériaC (em 07/05/2012)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails