terça-feira, 6 de maio de 2014

MARIAS...(de ValériaC)


MARIAS...(de ValériaC)

E assim vivia Maria...
como tantas Marias
mal vivem seus dias...
Amargava no silêncio,
esvaia-se em tristezas,
sentia-se um peixe
se debatendo
numa poça de lama...
em busca de um sopro fresco
de ar, de vida...
Jogava-se na introspecção
na vã tentativa  de amenizar
as dores da alma, do coração,
fugindo de suas tormentas,
ansiando  libertação...
Vestia sorriso nos lábios,
mas por dentro, lágrima escorria...
Tudo o que ela queria
era amar... ser amada,
 sorver a alegria de cada dia...
só não sabia como
e se, conseguiria...


E assim é a vida... pessoas  buscam o que acham que lhes falta, tentam mesmo que  à  cabeçadas, mudar suas realidades, mesmo que tantas vezes não saibam nem para que lado correr, que caminho escolher, para tornarem seus sonhos, realidade. Todo mundo quer ser feliz! E  na verdade não há acertos ou erros, neste querer,  há sempre caminhos. Alguns nos levam ao que queremos, outros, à becos sem saída e assim vamos vivendo e ampliando nossas consciências.

E por outro lado, ficam os tais seres humanos(os chamados animais racionais???)  que não ajudam e ficam julgando o comportamento dos demais, infelizmente, limitados  em parâmetros diminutos de  julgamentos, baseados única e exclusivamente em olhares que somente captam a  superficialidade das situações e/ou pessoas.

Tão fácil julgar, criticar e sentenciar os outros, sem estar na pele alheia, não é mesmo? Ninguém deveria julgar ninguém!!! Quase sempre não é justo, ninguém conhece o tamanho do fardo de cada um. Será que nunca viveremos  num mundo  com menos julgamentos? Será que nunca aprenderemos a calar mais, para não falar do que realmente não sabemos?

Ah seres humanos, ditos racionais, talvez devessem ter umas aulas com a natureza, com os animais(aqueles... classificados como irracionais)...acho que iam aprender tanto. Creio que não seja por acaso que cada dia mais, as pessoas tem como melhores amigos, seus animaizinhos, afinal,  são verdadeiramente carinhosos, afetuosos, sinceros num nível muitas vezes, superior do que os próprios seres humanos para com os da mesma espécie.

Quando vejo tudo isso, escancaradamente nos meus olhos,  tenho vergonha de ser humana, de ver o quanto nos perdemos em julgamentos, o quanto criticamos demais... amamos e respeitamos de menos... cansei!!! Acho que vou virar bicho do mato!

Texto de: ValériaC (em 06/05/14 10:50 hs)
Imagem:  ValériaC (arquivo pessoal)


**ESTE TEXTO PODE SER COPIADO, EM SITES SEM FINS LUCRATIVOS, DESDE QUE DADO OS DEVIDOS CRÉDITOS À:

ValériaC (docefilosofia.blogspot.com.br) ou o link da  postagem

17 comentários:

✿ chica disse...

Assim como essa tua Maria, tantas existem. E concordo com tuas palavras pois cada vez mais vemos coisas que nos envergonhamos de ser humanos...Há fatos que acontecem que nos fazem assim pensar! Uma pena! beijos,tudo de bom,chica

Élys disse...

Valéria...
Um desabafo,totalmente compresnsivo, devido a tantas coisas erradas que o ser humano vem fazendo, porém creio não devemos dar importância ao
julgamento dos outros e sim vivermos de acordo com a nossa consciência, com o nosso livre arbítrio, mantendo sempre o equilíbrio entre o coração e a razão.
O que não devemos é deixar apagar a chama da fé e esperança em uma vida de alegria,paz e harmonia.
Minha querida amiga, beijos.
Élys.

Sheila do Blog Passarinhos no Telhado disse...

É que quando olhamos o defeito dos outros, desviamos o olhar dos nossos. É como se fosse uma fuga de si mesmo. Um alívio temporário.
Se pararmos pra pensar, com mais maturidade, percebemos o quanto somos infantis emocionalmente ainda com esse tipo de atitude.
Então...a compaixão se instala!
Beijos amiga Valéria!

Leonice disse...

É amiga!quanta e quanta verdade neste teu lindo texto. Quantas Marias existem por ai...E como o ser humano perde precioso tempo julgando e criticando os outros!
Carinhoso abraço... Fique com Deus.

Calu B. disse...

A natureza e seus ensinamentos está sempre presente pra quem tiver interesse em aprender mais e com maior sabedoria.
A tal busca pela felicidade completa leva muitas Marias a perderem-se nas brumas do caminho escolhido como sendo o ideal.
"...É preciso estar atento e forte"...para que não nos percamos atrás de sinais de fumaça.

Dias alegres pra ti, Valéria.
Bjinhus,
Calu

Maysa disse...

Valéria diante de tantos comentários
fica meu forte abraço
elisa

Célia Rangel disse...

Aparências. Maquiagens. Tornamo-nos produtos. Fantasiamo-nos de perfeitos e bonzinhos para manipular nossa consciência pesada por tantos "julgamentos"... Frivolidades. A essência mesmo, poucos a têm.
Excelente reflexão!
Abraços.

Ana Bailune disse...

Olá, Valéria.
Concordo com o que a Leonice escreveu.
Bom dia pra você!

Isa Martins disse...

Gostei Val, e realmente é compreensível muitos preferirem os animais, porque eles são fiéis, são amorosos e nos dão amor
incondicional. Também já te disse sobre ter essa vontade de morar em contato com a natureza, onde podemos nos sentir mais á vontade.
Não é fácil viver nessas selvas de pedra, em contato com pessoas tão diferentes, cheias de condicionamentos sociais e culturais.
É aquela velha história, quanto mais se estuda e se aprende sobre o que é a verdadeira espiritualidade, mais nos sentimos deslocados num mundo ainda tão robotizado.
Beijos e lindo dia!

Rô... disse...

oi minha amiga,

quanta verdade,
é mesmo uma vergonha existir alguns seres humanos cobertos de tanta superficialidade e crueldade,
desperdiçar uma oportunidade preciosa dessas de aprender...

beijinhos

Anne Lieri disse...

Tem horas que tb gostaria de ser um cachorro ou um passarinho...rss...o ser humano ás vezes é muito complicado! Lindíssima sua poesia! bjs,

MARILENE disse...

Valéria, nem os ensinamentos da própria vida afastam esse triste comportamento. Todos somos falhos e não nos cabe julgar terceiros.
A busca de caminhos pode nos levar a espaços onde não gostaríamos de estar, mas outros sempre se mostrarão, quando temos a disposição de alcançar nossos ideais. Bjs.

Evanir disse...

È por sentir saudades que estou aqui para desejar
um abençoado e feliz final de semana.
Que DEUS te abençoe a cada
dia com sua infinita graça e Misericórdia.
Que o Dia das mães seja pleno de felicidade
junto da sua família.
Beijos no coração e meu carinho.
PS.Recadinho na postagem..
Evanir.

ONG ALERTA disse...

Tudo verdade o ser humano esta carente de valores, feliz dia das mães.
Beijo Lisette,

Suelen Muniz disse...

Verdade Valéria,
Ninguém sabe o que se passa na vida do outro e nem tem porque saber,afinal a vida é de cada um.
Triste ver como nos tratamos muitas vezes e os animais,esses sim sabem conviver bem uns com os outros.

Cidinha disse...

Olá, Valéria. Estou aqui para agradecer seu carinho e sua visita. Desculpe! Pois sei que estou sempre em falta. Más saiba que admiro vc e estou tentando visitar todos os amigos e devido o tempo muitas vezes fico em falta! Gosto muito dos seus texto. Obrigada por partilhar! Adorei vc por lá. Bjos e boa semana!

Tunin disse...

Interessante o teu grito. O ser humano parece que tem perdido os valores. Os que os outros pensam não nos interessa, mas aquilo que praticamos realmente.
Abração,

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails